Publicado em Deixe um comentário

O Eu-Todo Como Macho e Fêmea

O Eu-Todo Como Macho e Fêmea

Trecho tirado do livro “Seth Fala: A Eterna Validade da Alma

CAPÍTULO 13: REENCARNAÇÃO, SONHOS E O MASCULINO E FEMININO ESCONDIDOS NO EU

Como mencionei anteriormente, cada pessoa vive vidas masculinas e femininas. Como uma regra, a memória consciente destes não é retida. Para prevenir uma super identificação do indivíduo com seu sexo presente, no macho reside uma personificação interior de feminilidade. Esta personificação de feminilidade no macho é o verdadeiro significado do que Jung chamou de “anima” (principio vital, vida, alma. NT)

A anima no macho é, portanto, a memória psíquica e a identificação de todas as existências femininas prévias nas quais o eu interior foi envolvido. Ele contém em si o conhecimento das histórias femininas passadas do macho presente e a compreensão intuitiva de todas as qualidades femininas com as quais a personalidade é naturalmente dotada.

Então, a anima é uma proteção importante, prevenindo o macho da super identificação com quaisquer características masculinas culturais que foram profundamente impostas a ele através do histórico atual, do ambiente e da educação. A anima não apenas serve como uma influência pessoal, mas como uma influência da civilização de massa, amadurecendo fortemente as tendências agressivas e servindo também como uma ponte na comunicação com as mulheres num relacionamento familiar e também comunicando como isto é aplicado através das artes e da verbalização.

O macho sonhará freqüentemente consigo mesmo, no entanto, como uma fêmea. O modo particular pelo qual ele faz isto, pode dizer a ele muito sobre seu próprio histórico reencarnacional, no qual ele operou como uma fêmea. A masculinidade e a feminilidade não são obviamente opostas, mas tendências que emergem. A sacerdotisa, a mãe, a jovem bruxa, a esposa, e a sábia anciã – esses tipos gerais são arquétipos, simplesmente porque eles são “elementos enraizados”, representando, simbolicamente, os vários tipos das chamadas qualidades e os vários tipos das vidas femininas que foram vividas por machos.

Eles também foram vividos por fêmeas, claro. Porém, as mulheres não precisam ser lembradas de sua feminilidade, mas, novamente, de forma que elas não se super identificam com seu sexo presente, há o que Jung chamou de “animus”, ou o macho escondido dentro da mulher.

Porém, novamente, isto representa as vidas masculinas com que o eu tem estado envolvido – o rapaz jovem, o padre, o homem selvagem e agressivo, e o ancião sábio. Estes são tipos, representando geral e simbolicamente vidas masculinas passadas vividas pelas mulheres presentes. As mulheres, portanto, podem aprender muito sobre seus passados reencarnacionais como homens, através do estudo destes sonhos nos quais estes tipos aparecem ou nos quais elas mesmas aparecem como homens.

Através da anima e do animus, personalidades presentes assim denominadas são capazes de trazer conhecimento, e intuições, e históricos que foram derivados de existências passadas como o sexo oposto. Em algumas ocasiões, por exemplo, a mulher pode extrapolar e exagerar nas características femininas, casos em que o animus ou o macho nela vem em sua ajuda, trazendo, através das experiências de sonho, uma arremetida de conhecimento que resultará em reações compensatórias masculinas.

O mesmo se aplica a um macho quando ele se super identifica com o que ele acredita serem características masculinas, por qualquer razão. A anima, ou a mulher nele, se levantará para ações compensatórias, causando uma erupção de habilidades intuitivas, trazendo um elemento criativo que compense a agressividade.

Idealmente, deixadas sós, essas operações resultariam num equilíbrio individual e em massa, onde a agressividade sempre seria usada criativamente, como realmente pode e deve ser.

O animus e a anima são, é claro, psiquicamente altamente carregadas, mas a origem deste custo psíquico e a fascinação interior são o resultado de uma identificação interna bastante legítima com estas características personificadas do outro sexo.

Elas apenas não têm uma realidade na psique, portanto, mas são fixadas nos dados geneticamente classificados pelo eu interior – uma memória genética dos eventos psíquicos passados – transpostos para a memória genética das mesmas células que compõem o corpo.

Cada eu interior, adotando um novo corpo, impõe sobre ele, e sobre toda a sua genética, memória das formas físicas passadas nas quais esteve envolvido. Agora, as características presentes normalmente obscurecem as passadas. Elas são dominantes, mas as outras características estão ocultas e presentes, construídas dentro do padrão. O padrão físico do corpo presente, então, é uma memória genética do passado das formas físicas do eu e de suas forças e fraquezas.

Tentarei colocar isto tão simples quanto possível. Há camadas presentemente invisíveis no corpo, a camada mais alta que você vê representa, é claro, a forma física presente. Mas, emaranhada dentro desta há o que é a quantia das camadas invisíveis, “sombrias”, camadas ocultas que representam imagens físicas passadas que pertenceram à personalidade.

Elas são mantidas em suspenso, por assim dizer. Elas são eletromagneticamente conectadas à estrutura atômica do corpo presente. Para seu modo de pensar, elas estão não focadas. Elas são uma parte de sua herança psíquica, porém.

Freqüentemente você pode chamar uma força passada de um corpo prévio, para ajudar a compensar uma fraqueza presente. O corpo não só carrega a memória biológica de sua própria condição passada nesta vida, portanto, mas indelevelmente com ela, até mesmo fisicamente, estão as memórias dos outros corpos que a personalidade formou em reencarnações previas.

O anima e o animus são intimamente conectados com essas imagens do corpo interior. Estas imagens do corpo são altamente carregadas psiquicamente e também aparecem no estado de sonho. Elas operam como compensações e lembranças para lhe prevenir de se super identificar com seu corpo físico presente.

Elas são, é claro, macho e fêmea. Quando você está doente, no estado de sonho você tem experiências freqüentes, nas quais você parece ser outra pessoa com um corpo completamente saudável. Freqüentemente tal sonho é terapêutico. Um corpo reencarnacional “mais velho” veio em seu auxilio, a partir do qual você tirou força através da memória de saúde dele.

Experiências reencarnacionais são parte da estrutura do eu, uma face da realidade multidimensional da vida psíquica. Estas experiências irão, portanto, estar refletidas não apenas no estado de sonho, mas em outras camadas de atividade.

O tecido do eu presente é entrelaçado com estes “passados” reencarnacionais e, a partir deles, o eu presente tira inconscientemente de seu próprio banco de características de personalidade, atividades e insights. Freqüentemente recordações de vida passadas vêm à superfície, mas não são reconhecidas como tais, já que aparecem em forma de fantasia, ou são projetadas em criações artísticas.

Por exemplo, muitos escritores de peças históricas estão escrevendo de uma experiência direta naqueles tempos. Tais exemplos representam um trabalho harmônico de concordância entre o eu presente e a inconsciência, que trazem estas memórias à superfície de tal maneira que a vida presente é enriquecida. Muito frequentemente. Freqüentemente, a verdadeira consciência da situação se torna quase consciente e só sob a consciência o indivíduo conhece a fonte da autenticidade de seu material.

Em sonhos, muito freqüentemente, este material reencarnacional é lançado, de forma similar, em um molde dramático. Sob tudo isso, a anima e o animus trabalham juntos, novamente, não em oposição, mas misturando características. Juntos, é claro, eles representam a fonte de criatividade, tanto psíquica quanto fisicamente.

A anima representa a “interioridade” inicial necessária, o estado meditativo, cuidadoso, intuitivo, as características voltadas interiormente, o foco interno do qual a criatividade vem.

A palavra “passivo” é uma palavra pobre para descrever as características da anima, nela há a sugestão da falta de movimento, e este raramente é o caso. É verdade que a anima se permite ser vivenciada assim, mas o motivo por trás disto é o desejo e a necessidade de sintonização para com outras forças que são supremamente poderosas.

O desejo da rapidez, no entanto, é tão forte na anima como o desejo oposto, pelo descanso. As características do animus provêem o ímpeto agressivo que remete a personalidade de volta, do externo para as atividades físicas, mantendo triunfantemente os produtos da criatividade que as características da anima asseguraram.

O Eu todo é obviamente a soma destas características, e mais. Após a encarnação final, o físico, o tipo de criatividade sexual, simplesmente não é mais necessário. Em outras palavras, você não precisa reproduzir fisicamente. Em termos simples, todo o Eu contém características masculinas e femininas, finamente sintonizadas juntas, misturadas de forma que a verdadeira identidade pode, então, se elevar – pois não pode enquanto um grupo de características tem que ser enfatizado sobre o outro grupo, como deve ser durante sua existência física presente.

Publicado em Deixe um comentário

👽 Nós Viemos Porque Ninguém Mais Quiz

👽 Conversa Zeta: “Nós Viemos Porque Ninguém Mais Quiz”

👽 Conversa Zeta: “Nós Viemos Quando Ninguém Mais Quiz

Não tem havido grandes aparições dramáticas ultimamente. Existem outros grupos de civilizações ou culturas ET que estão em nossos céus agora?

“… Tenha em mente que a razão pela qual nós (o Zeta Reticuli) estamos aqui é porque nos oferecemos para isso quando ninguém mais queria, e ainda é assim agora. Ninguém mais de outras civilizações quer vir para cá [para a Terra], mas ocasionalmente eles passam rapidamente com uma nave desde que não precisem ficar. Mas não, não existem coisas chamadas de dramáticas acontecendo, e isso é intencional. Olhe ao redor do planeta. Você tem drama mais do que suficiente para lidar. Não é nosso trabalho aparecer de alguma maneira grandiosa que desvia [a sua atenção de] você de solucionar seus problemas pessoais e planetários. …”

~ Zeta Riticuli através de Robert Shapiro

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]


Robert Shapiro é um canal de trance profissional e autor de várias séries de livros publicados pela Light Technology Publishing: The Explorer Race (24), Shining the Light (7), Segredos Xamânicos (4), Mágica Benevolente (1) e Ultimate UFO (2). Ele é um homem místico com capacidades xamânicas bem e completamente infundido nestre mestre que ensina através de blogs, o Sedona Journal of Emergence e livros. É sua intenção trazer a mudança mais benevolente disponível no planeta, compartilhando suas inspirações pessoais e sua canalização. Saiba mais em Twitter.com/BenevolentMagic.

O texto original completo pode ser lido na publicação mensal Sedona Journal of Emergence, publicado pela Light Technology Publishing, especificamente a edição de julho de 2019, página 43.

Publicado em 1 comentário

👽 Céu e Inferno

👽 Conversa Zeta: Céu e Inferno

👽 Conversa Zeta: Céu e Inferno

O Céu e o Inferno são descritos na Bíblia e no Alcorão como lugares proporcionais às recompensas merecidas por aqueles que têm funcionado na orientação do Serviço-aos-Outros ou do Serviço-para-Si-Mesmo — na mente dos autores desses livros, que em maioria estavam no [na orientação do] Serviço-aos-Outros quando eles criaram os livros. Pois dentre os povos primitivos, que dependiam do fogo para cozinhar e aquecer, incêndios eram um dilema conhecido, e a dor de tal acidente não era desconhecida. Assim, como uma das dores mais excruciantes, lenta de curar e sofrida de muita dor durante o processo de cura, o fogo eterno era o pior dos piores [pensamentos].

Da mesma forma, quanto mais alto ía-se, fisicamente falando, melhor se tornava. Especificamente, estamos descrevendo morar em topos de colinas versus vales, e ter a área de acampamento mais alta versus uma em baixo. Como diz o ditado, “a bosta corre para baixo”. Vales são abafados e têm umidade, lagartos, cobras e insetos em abundância. Os topos das montanhas têm brisas e vistas. Melhor ainda é o que os pássaros apreciam, alto nos céus. Nada pode tocá-los, e tão bons quanto os topos das colinas, os céus devem ser ainda melhores! Assim, o céu é visto nos céus, e quanto mais alto, melhor.

De fato, as sobremesas merecidas do Serviço-aos-Outros e do Serviço-para-Si não são o Céu e o Inferno, mas viver com sua própria espécie, que é, de certa maneira, com nossa forma de pensar neste jeito, um tipo de céu e inferno.

Escrito em 15 de julho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!
Autor Contatado Domings Yezzi com Informações Literalmente Fora Deste Mundo e Respostas Incríveis!
Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!
Segurança Econômica para o WordPress, Backups e Hospedagem de Vídeo
Leitura Personalizada de Mão com Vaani Bhadra, em Promoção!
Publicado em Deixe um comentário

👽 Conscientização Espiritual

Conversa Zeta: Conscientização Espiritual

👽 Conversa Zeta: Conscientização Espiritual

O animal humano, desde o nascimento, lida com muitas distrações que obscurecem as comunicações do espírito. Fome, impulsos sexuais, medo, dor – tudo demanda o estágio central. As distrações sociais são tão insistentes quanto o companheiro que exige conversas constantes exige tanta concentração quanto uma dor de dente latejante. Ambos se recusam a ir embora. Os seres humanos que querem estar em contato com o seu eu interior desenvolvem muitas técnicas para se separarem das distrações – longas caminhadas, retiros no deserto, oração, jardinagem, meditação. A prática chave é diminuir o ruído e ouvir as ressurgências, concentrando-se na música que o espírito está tentando cantar. A chave é eliminar distrações. Se isso pode ser melhor feito ao dobrar a roupa em uma lavanderia vazia, ou passear com o cachorro, ou fingir tirar uma soneca, não importa.

Onde o mundo físico pode ser uma distração, ainda faz parte do universo de Deus, assim como a alma é. A alma está consciente do mundo físico, pois são memórias que a alma carrega consigo, uma encarnação para outra. A entidade bem integrada com o mundo físico está estabelecendo uma conexão verdadeira com o universo de Deus, celebrando as ricas conexões. A noção de que a espiritualidade é separada do mundo físico é perpetrada por elites que lhe diriam que somente indivíduos especiais que podem se separar do físico são capazes de entender o mundo espiritual. Isso não faz sentido!

Escrito em 15 de julho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Autor Contatado Domings Yezzi com Informações Literalmente Fora Deste Mundo e Respostas Incríveis!
Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!
Leitura Personalizada de Mão com Vaani Bhadra, em Promoção!
Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!
Segurança Econômica para o WordPress, Backups e Hospedagem de Vídeo
Publicado em Deixe um comentário

👽 A Grande Colheita

A Grande Colheita
Desenho extraterrestre canalizado por Domingos Yezzi
Desenho extraterrestre canalizado por Domingos Yezzi

Conversa Zeta: A Grande Colheita

A [grande] transformação é por vezes referida como a [grande] colheita. Em seu planeta Terra, por causa das mudanças geológicas que ocorrem periodicamente, a Transformação para a 4ª Densidade [Dimensão] foi planejada para coincidir com essas mudanças geológicas. A razão é simples, embora alguns possam vê-la com horror. Durante as próximas mudanças geológicas, a grande maioria da população da Terra perecerá de repente. Aqueles que sobrevivem encontrarão um mundo sem comida ou abrigo dos elementos. O tratamento médico será escasso e a higiene o menor dos pensamentos de qualquer pessoa. Consequentemente, mesmo após os cataclismos, a morte será enorme.

A reencarnação não será afetada pelo deslocamento do pólo mais do que os ciclos de vida normais. Humanos morreram jovens no passado. Nos tempos da caverna a vida do homem era muito mais curta, então isso é comum à sua espécie. Haverá muita morte, e isto tem horrorizado muitas pessoas, mas, no presente, a maioria dos humanos na Terra, na verdade quatro quintos ou mais, não tem almas reencarnadas, mas podem desencadear novas almas. Isso aconteceu por causa da explosão populacional. A reencarnação em novos mundos não acontece por causa de toda vida inteligente que abriga a possibilidade disso. Nós chamamos essas almas abortadas. Isto não é uma decisão por parte de uma força administrativa; simplesmente acontece. Nada acendeu uma alma. Nada acende uma alma em um periquito ou em um cachorro. Se existe uma vida indolente, ou uma sem desafio, freqüentemente a alma se dissipa mediante a morte em vez de permanecer para reencarnar, crescer e aumentar em massa.

Portanto, a mudança do pólo resultará em um grande número de almas de repente buscando por reencarnação, mas como este é um tempo de Transformação, elas serão reunidas — se não tiverem feito sua decisão de orientação como Serviço-a-Si-Mesmo ou Serviço-a-Outro — e levada para um mundo aquático para reencarnar em um tipo de polvo e continuar suas lições. Aqueles que são de Serviço-a-Outro reencarnarão em hominóides mais inteligentes na Terra e, aqueles que são de Serviço-a-Si, e decidiram isto firmemente, serão enviados para vários mundos, às vezes em forma humana, para o que chamaríamos de uma vida bastante desagradável dentre outros de sua própria espécie.

Escrito em 15 de julho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!
Autor Contatado Domings Yezzi com Informações Literalmente Fora Deste Mundo e Respostas Incríveis!
Segurança Econômica para o WordPress, Backups e Hospedagem de Vídeo
Leitura Personalizada de Mão com Vaani Bhadra, em Promoção!
Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!
Publicado em Deixe um comentário

👽 Dia do Descanso

Dia do Descanso

Conversa Zéta: Dia do Descanso

A regra cristã de que devemos descansar no sétimo dia cresceu aos poucos, em pedacinhos. Esta nunca foi uma regra que Jesus estabeleceu, já que ele não era assim tão bobo. No começo, essa regra, como muitas que a humanidade acaba seguindo servilmente, era conveniente para um determinado local em um determinado momento, em que os trabalhadores estavam exauridos e precisavam de diretrizes. Isso poderia ser equiparado a um sindicalista insistindo que a semana de 40 horas fosse mantida. Quando outros ouviram sobre esse novo benefício social e desejaram isso para si mesmos, eles tiveram que colocar um pouco de sabor nele e assim colocaram Deus atrás da ordem. Como essa história beneficiou aqueles que a divulgaram, a história se espalhou como fogo.

Escrito em 15 de julho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!
Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!
Autor Contatado Domings Yezzi com Informações Literalmente Fora Deste Mundo e Respostas Incríveis!
Leitura Personalizada de Mão com Vaani Bhadra, em Promoção!
Segurança Econômica para o WordPress, Backups e Hospedagem de Vídeo
Publicado em Deixe um comentário

Dicas da Vaani

Dicas da Vaani em Leis Universais

Dicas da Vaani em Leis Universais e Mais

30:03
Postado 1 dia atrás por Vaani
Como nos preparamos para O Grande Evento
30 visualizações
02:27
Postado 2 meses atrás por Vaani
O que dizem os extraterrestres sobre astrologia e quiromancia
89 visualizações
21:01
Postado 3 meses atrás por Vaani
"... ajudar aqueles que são muito ricos quando morrem ..."
512 visualizações
33:31
Postado 4 meses atrás por Vaani
Bate-Papo: Maluquices na Quiromancia e Mais
350 visualizações
1:27:29
Postado 4 meses atrás por webmaster
Mitos e Fatos de Quiromancia + Novidades
568 visualizações
08:18
Postado 4 meses atrás por webmaster
A Rudraksha desempenha um papel importante na vida de uma pessoa
1129 visualizações
35:30
Postado 8 meses atrás por webmaster
A sutileza do mundo espiritual
309 visualizações
01:08:34
Postado 8 meses atrás por webmaster
Eu fui inspirada para compartilhar ideias importantes
991 visualizações
02:31
Postado 9 meses atrás por webmaster
Consulta Presencial ou Virtual com Ocultista Vaani Bhadra
344 visualizações
01:12:06
Postado 11 meses atrás por webmaster
O que significa a separação do joio do trigo, mencionado na Bíblia?
506 visualizações
1237
Page 1 of 7

 

Publicado em Deixe um comentário

Você Deve Escolher Agora: A Estrada Alta ⤴ Ou A Estrada Baixa ⤵

Você Deve Escolher Agora: A Estrada Alta Ou A Estrada Baixa

O que os extraterrestres querem dos humanos? Quem realmente é o salvador e qual é a salvação? O que significa a separação do joio do trigo, mencionado na Bíblia? Saiba neste vídeo.

 

Links Mencionados:

Autor Contatado Domings Yezzi com Informações Literalmente Fora Deste Mundo e Respostas Incríveis!
Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!
Leitura Personalizada de Mão com Vaani Bhadra, em Promoção!
Segurança Econômica para o WordPress, Backups e Hospedagem de Vídeo
Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!
Publicado em Deixe um comentário

♰ Cristianismo É Baseado em Astrologia

Cristianismo É Baseado em Astrologia

O Sol “morre” por três dias em 22 de dezembro, o solstício de inverno [no hemisfério norte], quando ele pára em seu movimento ao sul para nascer de novo, ou ser ressuscitado, em 25 de dezembro, quando ele retoma seu movimento ao norte.

 

Religiões — todas elas, sem excessão — são baseadas em Astrologia, que na verdade é uma ciência sagrada mas que tem sido defamada e descreditada pelos mesmos [membros do Vaticano] que roubaram e pervertiram sua sacralidade e pureza e transformaram seu furto numa teia de rituais personificados que eles chamam de religiões para alimentar suas ilusões. Aprendam sobre as atividades do nosso sistema solar e veja como elas foram todas personificadas e ritualizadas em religiões. Os 12 apóstolos, são as 12 constelações.

  • As 12 tribos de Israel, as 12 tribos de Ismael e outros relatos bíblicos sobre “12” baseiam-se acima nos céus e não necessariamente reais eventos que ocorreram.  Uma grande porcentagem da Bíblia baseia-se no Sol e nas constelações.
  • A Bíblia também diz que Jesus é a luz do mundo, ele vem do oriente/Este e todos os olhos deverão vê-lo,  junto com outras coisas que descrevem o SOL  no céu, não o homem real.
  • O sol “morre” por três dias em 22 de dezembro, o solstício de inverno [no hemisfério norte], quando ele pára em seu movimento ao sul para nascer de novo, ou ser ressuscitado, em 25 de dezembro, quando ele retoma seu movimento ao norte.
  • Em algumas áreas, o calendário originalmente começou na constelação de Virgem, e o Sol, portanto, “nasceria de uma Virgem”.
  • O sol é a “Luz do Mundo”.
  • O sol “vem nas nuvens, e todo olho o verá.”
  • O nascer do sol da manhã é o “Salvador da humanidade.”
  • O sol veste uma corona, “coroa de espinhos” ou aura.
  • O sol “anda sobre as águas”.
  • Os “seguidores”, “ajudantes” ou “discípulos” do Sol são os 12 meses e os 12 signos do zodíaco ou constelações, através dos quais o sol deve passar.
  • O sol às 12 horas do dia está na casa ou no templo do “Altíssimo” [a hora do dia em que o sol está mais alto no céu]; assim, “ele” começa “o trabalho de seu Pai” na “idade” de 12.
  • O sol entra em cada signo do zodíaco em 30 graus, portanto, o “Sol de Deus” começa seu ministério em “idade” de 30.
  • O sol está pendurado numa cruz, ou “crucificado”, que representa a sua passagem pelos equinócios¹, o equinócio vernal sendo a Páscoa, momento em que é então ressuscitado.
¹ Tempo do ano em que o Sol passa pelo equador fazendo com que os dias sejam iguais às noites, o qual ocorre de 20 a 21 de Março e de 22 a 23 de Setembro.
Fonte Original: http://web.archive.org/web/20030214154545/http://www.knowledgefirst.org/freedom/jesus.htm

 

A Última Ceia de Leonardo DaVinci, Decodificada

Publicado em Deixe um comentário

Como Fazer Contato Com O Seu Mentor Espiritual 👼

Como Fazer Contato Com O Seu Mentor Espiritual

Uma pessoa que assiste os meus vídeos me escreveu perguntando o seguinte:

Como fazemos para entrarmos em contato com nosso mentor? Realmente há um preparo para isso? Tenho visto alguns vídeos na Internet referente a isso mas, muito deles enrolam para explicar e não dizem coisa nenhuma, e muitas vezes fazem venda de livros e materiais que explicam. Mas acho desnecessário gastar quase R$300,00 só para saber disso. Gostaria de uma coisa mais direta e simples, se possível.

Lembro que assistindo a seus vídeos, você disse que ficou chateada, pois soube que os conteúdos de seus vídeos estavam sendo exibidos, sem sua autorização, e você optou por removê-los, mas depois decidiu voltar atrás e continuar com seu trabalho, após essa conversa com seu mentor. Então gostaria de saber: Como faço para entrar em contato com meu mentor?

 

Em resposta a pergunta, eu vou compartilhar um texto de SETH onde ele fala sobre a nossa conexão com o mundo espiritual, onde pensamos estar os grandes mentores espirituais. Mas se pensarmos que somente no mundo espirtual eles estão presentes, estaremos limitando a capacidade dos próprios seres que consideramos superiores em evolução espiritual e, sendo assim, porque estariam num planeta como o nosso? O problema em pensar assim é que colocamos uma venda em nossos próprios olhos porque só conseguimos ver aquilo que está dentro da nossa consciência. Tudo no mundo físico é espiritual. Só porque entramos no mundo físico não perdemos nossa essência espiritual, continuamente exibida e comunicada através de nossas emoções, que são nossa energia emitida de dentro de nós para o universo todo, aqui e além. É esse além que só conseguimos alcançar com a nossa consciência e onde encontramos os guias desencarnados, os mentores espirituais. Eis o que um deles, SETH, diz sobre isto:

“Você não é agora o que era dez minutos antes, você não é o mesmo ser física, psicológica, espiritual ou psíquicamente, e dez minutos após este momento você será diferente novamente.Negar isso é tentar forçar a consciência em alguma forma rígida a partir da qual não consegue nunca ser libertada, a aplicar-lhe regras que fazem um cenário psicológico bastante agradável.

(Neste momento a voz de Seth realmente começou a crescer.)

“AGORA, EU GOSTARIA QUE VOCÊ NOVAMENTE SE CONSCIENTIZASSE DA ENERGIA QUE ESTÁ DISPONÍVEL. SE RUBERT PODE USÁ-LA, CADA UM DE VOCÊS PODE USÁ-LA EM SUA PRÓPRIA MANEIRA. EU QUERO QUE VOCÊS ABRAM ESSA BARREIRAS QUE VOCÊS ERGUERAM DENTRO DE VOCÊS MESMOS. ESTA VOZ [QUE VOS FALA] É SOMENTE USADA COMO SÍMBOLO DA ENERGIA E DA FORÇA QUE ESTÁ DISPONÍVEL PARA CADA UM DE VOCÊS, À MEDIDA QUE VOCÊS USAM ESSAS HABILIDADES QUE SÃO SUA HERANÇA.

“Você deveria ouvir o seu próprio eco da minha voz como um símbolo de sua própria energia e alegria. Esqueça os egos trêmulos que vocês às vezes são e, em vez disso,  lembrem-se a essência mágica de seu próprio ser que canta mesmo agora através de seus dedos. Esta é a realidade que você está procurando. Experimente-a plenamente. Vocês precisam de uma coisa velha e morta como eu para lhe dizer o que é a vida? Eu deveria ter vergonha.

“Agora, desejo-vos uma boa noite e as bênçãos que são minhas para dar, eu lhes dou. Viajem em paz, alegria e segurança, em seus corpos e fora [deles].”

~ Seth Fala, Apêndice, Sessão da Classe de ESP, terça-feira, fevereiro 9, 1971

Como vêem, é importante nos libertarmos de qualquer crença que nos limita de ser e agir como os deuses criadores que somos. Se somos deuses, como de fato somos, então vamos SER! Vamos ocupar esta posição em nós mesmos!!

De modo que aquele mendigo sentado na esquina com uma latinha de esmolas é um deus, e ele também tem muito a nos ensinar, e a primeira lição, logo de cara, é que como um deus podemos escolher até mesmo deixar de ser deus e viver uma realidade onde cremos que deus nem existe. O sofrimento só é bom quando ensina que sofrer não é necessário. Nao precisamos mendigar ao Universo! E isso inclui mendigar por contato com nossos mentores espirituais, ou por abundância, por saúde ou plenitude, pois tudo é a nossa herança como os deuses que somos!

Publicado em Deixe um comentário

🙏 Oração Positiva Para Resultado Positivo

Oração Positiva Para Resultado Positivo

Como orar positivamente e como os espíritos de benevolência respondem a qualquer pedido benevolente. Eu tenho tido resultados com isso! Os espíritos de benevolência não atuam fora dessa energia e respondem a tudo que for benevolente.

 

Exemplos de Oração Positiva Para Resultado Positivo

 

Mágica Benevolente e Oração Positiva

 

O Que Acontece Após a Morte

 

Mais Sobre Oração Positiva

O que aprendi dos espíritos de benevolência sobre oração positiva.

 

Como os Espirítos Ensinam a Orar

 

Eficácia da Oração Benevolente

Compartilhando meu testemunho pessoal sobre a eficácia de oração benevolente.