Presidente John F. Kennedy e a Verdade Sobre Sua Morte
Home » Iluminação » Extraterrestre » Zetas » Presidente John F. Kennedy e a Verdade Sobre Sua Morte

Presidente John F. Kennedy e a Verdade Sobre Sua Morte

postado em: Extraterrestre, Iluminação, Zetas 0 |
Duração da Leitura 3 minutes

O presidente John F. Kennedy foi morto sob as ordens do MJ12 enquanto ameaçava contar ao público americano a verdade sobre Roswell. JFK era de opinião que o público aceitaria o fato da presença alienígena sem pânico indevido, mas, naqueles dias, MJ12 ainda estava afrontado com as personalidades e ações dos alienígenas de Serviço-a-Si-Mesmos com quem a CIA, como um braço do MJ12, continuamente fez alianças. JFK acreditava na força do espírito humano, em sua capacidade de resolver as coisas e, em qualquer caso, sentia que o público tinha o direito de saber o que estava enfrentando. A CIA queria o conhecimento que eles esperavam obter dos alienígenas de Serviço-a-Si-Mesmos que os estavam burlando, e eles queriam esse conhecimento apenas para eles próprios. Assim, eles usaram sua influência com o MJ12, que naquela época era considerável, para pressionar pelo assassinato de JFK, que eles foram autorizados a implementar quando a ordem foi finalmente dada.

MJ12 recentemente nos liberou de nosso acordo de permanecer em silêncio sobre o assassinato de Kennedy. Este acordo para permanecer em silêncio cobriu certos assuntos envolvendo o Governo Secreto e a presença alienígena. Se os humanos ficarem indignados com isso, por sabermos algo que eles desejavam saber, mas não compartilharmos a informação, eles devem refletir sobre como seria a vida sem que tivéssemos um acordo com o [seu] governo. Nesta situação, apenas os alienígenas de Serviço-a-Si-Mesmos estariam se comunicando, tendo como vocês dizem “o caminho interno”. Essa era a situação quando encontramos o seu governo pela primeira vez, que estava amplamente mal informado e estava envolvido em todos os tipos de práticas prejudiciais sob a influência da turma do Serviço-a-Si-Mesmos. Isso agora mudou, mas somos honrados em nossos acordos, e uma promessa feita era para ser uma promessa cumprida. O incidente de JFK endureceu e aumentou a determinação de manter os funcionários [governamentais] eleitos no escuro, tanto quanto possível, sobre a existência [de ETs] e as atividades de MJ12. Dado que os EUA são uma democracia e poderiam eleger um azarão inscrito na cédula [de voto], essas regras rigorosas sobre a não divulgação impediram que os eleitos corressem o risco de serem mortos [por saberem sobre os ETs]. Antes de JFK, os presidentes e outras autoridades eleitas já eram mantidos no escuro, [que foi] uma decisão tomada por um presidente que estava saindo, que não queria que um partido político rival recebesse tal conhecimento. JFK soube o que ele fez devido a vazamentos, compartilhou isso com uma namorada há muito conhecida por depender tanto de sedativos que ela poderia murmurar essa informação com o próximo homem que compartilhasse seu travesseiro e discutia incessantemente com representantes do MJ12 que viam visitá-lo sob outros pretextos.

~ Zetas, 15 de novembro de 1996

Anuncie no ILUMINA Publicações onde nosso tráfego aumenta a cada dia!

Seguir Chris Breault:

Webmaster, Tradutora e Consultora

Chris Breault é graduada como Webmaster tendo mais de 30 anos de experiência na indústria de computação, bilíngüe fluente em inglês e português. Chris possui muitos anos de experiência na administração de websites, incluindo numa capacidade governamental, e ela vem studando e praticando ciências ocultas desde 2008.
Últimos Posts de