Posted on Deixe um comentário

O Que Esperar de Uma Análise de Mão por Omisha Vaani Bhadra

O Que Esperar de Uma Análise de Mão por Omisha Vaani Bhadra

A expectativa em saber o que linhas e marcas significam em nossa mão pode ser bastante grande e, até mesmo, causar ansiedade. É recomendado relaxar, mesmo porque, tirar fotos da mão durante um momento de estresse causa a cor natural da mão ser alterada para uma mais intensa e, sendo assim, não representante da condição normal do portador, a menos que este seja uma pessoa estressada por natureza. Por isso devemos relaxar, principalmente durante a sessão de fotos das mãos a serem enviadas para análise.

O outro ponto bastante importante é ficar preparado para ouvir aquilo que não era o esperado, pois isso é possível. Por exemplo, uma pessoa pode estar ansiosa para saber o motivo de não ter sorte no amor e poderá ficar desapontada em descobrir que o motivo é ela mesma, devido uma tendência de comportamento indesejável. Neste caso, o portador da mão deve estar aberto para encarar a verdade sobre si mesmo, mostrado em sua própria mão, e para fazer as melhorias necessárias a fim de obter êxito neste setor de sua vida. De modo que nem sempre os resultados da análise lhe trarão as desejadas notícias e é importante estar preparado para isto, pois este é o primeiro passo ao melhoramento das suas verdadeiras condições.

Análise de mão não deve ser usada para saber quando e como uma pessoa vai morrer, pois isso é certo ocorrer um dia e sabê-lo não vai modificar nada mas, provavelmente, acelerará o processo pela ansiedade obtida no seu conhecimento. A meta principal em uma análise formal de mão deve ser o autoconhecimento, com o propósito de melhorias a fim de obter sucesso nas áreas onde existem dificuldades e, acima de tudo, o exercício pela confirmação dos talentos já existentes mas não reconhecidos. Por exemplo, uma pessoa pode ter talentos médicos e estar desperdiçando seu precioso tempo buscando uma carreira em contabilidade. Saber é poder e, saber o que é relevante saber, é poder dobrado, se usado propriamente.

Omisha Vaani Bhadra não cobre com glacê os resultados de suas análises e ela diz o que mostra, sem hesitação ou rodeios, sempre usando uma linguagem cândida, convidativa ao ouvinte na aceitação de suas condições e, acima de tudo, encorajadora de suas necessárias melhorias para obter as vitórias desejadas.

Saiba TUDO sobre a Chris Chalreo Breault — também conhecida pelo auto-adotado nome védico de Omisha Vaani Bhadra, em harmonia com sua Nakshatra de nascimento, Rohini — através de seu Mapa Astral Védico, abaixo; onde ela tem evidenciado sua profissão nata como Guru de Ocultismo.

Deixe um comentário