O Poder da Mente, O Que Vem A Ser Os Pensamentos
Home » Blog » Iluminação » Extraterrestre » Domingos Yezzi » O DNA do Espírito e os ETs » O Poder da Mente E O Que São Os Pensamentos

O Poder da Mente E O Que São Os Pensamentos

O Poder da Mente, O Que Vem A Ser Os Pensamentos

Canalizado por Domingos Yezzi, em 03/06/2006. Auxiliado por INK, líder do planeta ÁGA, 7º planeta do nosso Sistema Solar, ainda não descoberto pela Ciência.

Os Pensamentos são gerados pelo Espírito, pelo Perispírito, pela Mente (que seria a vontade férrea que interliga aqueles dois elementos aos neurônios cerebrais) e por último, o Cérebro, que será o centro emissor físico e o filtro que realizará a formação das ondas e formas energéticas e semimateriais das ideias que serão lançadas para o espaço, a favor ou contra outras pessoas, ou sobre si próprio, negativa ou positivamente.

Os Pensamentos não são apenas simples emanações decorrentes das atividades mentais e cerebrais! Na verdade, eles criam formas e padrões, de conformidade com a índole espiritual de quem os emite. Por exemplo: um indivíduo, cujo Espírito, Perispírito e Mente, são constantemente assediados por sentimentos mórbidos, de inveja, de maldade, de ciúme, de pessimismo doentio, frustrações, medos e pavores, depressões e fobias várias, instinto criminoso e que planeja indiretamente esses desequilíbrios, consegue em questão de segundos formar sobre si ou plasmar as formas correspondentes a cada sentimento seu, e concomitantemente, dará formas de pensamentos a todos eles, os quais ficarão pairados sobre sua cabeça e seu corpo físico, e fomentarão os miasmas e bactérias nocivas a sua saúde e a saúde dos outros, a partir daí, se as emissões forem firmes e contínuas; tudo aquilo que ele veio pensando se materializará sobre ele e sobre as pessoas a quem ele desejar atingir. É algo como uma “onda de minúsculos gafanhotos fluídicos” que ficará pairando no ar, na expectativa de penetrar através dos próprios plexos e chákras do indivíduo que os emitiu ou irão procurar as fontes fracas de entradas de energias das outras pessoas da mesma afinidade, ou seja, que estiverem pensando como ele, sejam ou não seus inimigos. Essa nuvem deletéria se juntará, se agregará sobre os órgãos para os quais elas foram produzidas e que estão preparados negativamente por seus portadores, para a atraírem magneticamente, e depois de alojadas, minarão as regiões físicas e perispirituais, que darão ensejo à produção das doenças ou males equivalentes. Cada meio ambiente, possui a “população fluídica perniciosa”, produzida pela somatória das emanações mentais de cada morador ou frequentador, o qual, inadvertidamente, a transportará consigo e a despejará sobre seu ambiente familiar e seus familiares, que inocentemente, ou por estarem também na mesma frequência negativista, contrairão todas as moléstias ali trazidas. Consequentemente, ocorrerão posteriormente, outros distúrbios e desarmonizações “por causas desconhecidas” que afetarão principalmente as crianças e os mais idosos, se existirem na residência ou nos locais, os quais pelas suas ingenuidades e respectivas fragilidades são, por assim dizer, “antenas vivas” captando tudo que estiver pairando no ar, pois não possuem as autodefesas do conhecimento de como se livrar daquelas energias e a vivência e experiência necessárias para uma simples detectação intuitiva, ficando desta forma, expostas a uma perniciosidade produzida por um outro ente da família ou da sociedade, muitas vezes feitas pelo chefe da família ou do clã, cujo peso da responsabilidade ainda é maior que os dos demais, pois teria como princípio e obrigação zelar pelos demais entes e, sobretudo, zelar por onde anda e pelas suas próprias ações e pensamentos. Diríamos que acrescida àquela frase: “Diga-me com quem tu andas que te direi quem és!” diríamos esta outra: “Dize-me o que pensas e te direi qual será o resultado dos teus pensamentos!”.

Nos locais onde se juntam pessoas desregradas, ansiosas em saciar todos os tipos de vícios e prazeres, onde pairam as drogas, fumos, álcool, paixões mórbidas, maquinações criminosas e outras variantes; os fluídos fétidos e deletérios emanados desse conjunto de pensamentos, agregados ou isolados, são como alimentos vivos para aquelas populações astralinas. Assim sendo, num povoado civilizado ou num povoado constituído por selvícolas de baixo nível de desenvolvimento mental e espiritual, conquanto possam ser bondosos de sentimento e sejam amantes da paz, os pensamentos conquanto, guerreiros, quase não ultrapassam a escala das necessidades primordiais de alimentação e materiais, mas tão logo surja entre eles um novo elemento de outra raça e de outros costumes, ocorre uma drástica mudança de comportamento e de alteração do “modus pensantis” da comunidade ou tribo; para o Bem se o elemento novo for também puro e positivista, ou para o Mal, se ele vier de outra comunidade maldosa e cheia de vícios e consequentes pensamentos desregrados. Poderá haver, respectivamente, um grande progresso técnico e social, ou uma regressão total, a ponto da comunidade inteira poder ser exterminada, seja pelas doenças que lá germinarão, ou por invasões de por outras comunidades ou tribos invejosas e que buscam outras riquezas, das quais elas estariam desprovidas. Podemos salientar, com certeza, de que toda aquela desarmonia, desequilíbrio e exterminação, foram geradas pelos maus pensamentos dos entes da comunidade ou da tribo, principalmente, emanadas das mentes de seus chefes que inadvertidamente, mudaram seu modo de pensar e conduziram sobre seu povo, os fluído de pensamentos vindos de fora para dentro, produzidos por Entidades Espirituais ou por membros de outras comunidades, que já estavam “de olho” em suas riquezas ou em suas mulheres, enfim, em tudo aquilo que eles possuíam de sobra. Vamos dar aqui um exemplo: é sabido, historicamente, que imperava na Europa dos Séculos XIV e XV em diante, o espírito da conquista de outras terras, de outros continentes, principalmente entre os espanhóis e portugueses, que já desprovidos de riquezas e cultuando a cobiça e os sentimentos vis, saiam por mares adentro em busca de outras conquistas, e para isso não mediam esforços e nem se prendiam ao sentimento de humanidade, matavam sem dó nem piedade os povos nativos, passando por cima de reis e das organizações locais; desta forma, alguns generais espanhóis partiram para a América do Sul, com os pensamentos emanados e irmanados nesse mister e um deles, ao se defrontar no Peru com todas aquelas riquezas e ostentação dos reis e povos locais, resolveram invadir e dominar aqueles povos que se demonstravam pacatos e indefesos, fizeram promessas e contaram com a subserviência dos potentados locais. Quebraram essas promessas e exterminaram toda aquela “gente inocente” e roubaram todas as suas riquezas, alterando-lhes os costumes e até a linguagem falada entre os povos daquelas nações, que passaram a falar o espanhol, se deixando dominar por aquela gente sem moral se sem escrúpulos, que dilapidaram suas riquezas os deixando na miséria total! Dizemos tudo isso e grifamos “gente inocente” para poder explicarmos que eles não eram inocentes como se pensaria, pois cultivavam a morte pelo sacrifício de suas vítimas e de seus inimigos entre a própria população e de suas virgens que eram oferecidas em holocausto a seus deuses “pagãos”, pois muito tempo depois, foram encontradas, grandes grutas contendo milhares de crânios e esqueletos humanos, todos empilhados de forma programada como se fosse feito por pessoal experiente e acostumado àqueles rituais macabros. Isto quer dizer que, aquele povo, através de seus líderes e xamãs, cultivavam o pensamento negativo e atraíram para dentro de sua civilização outros membros de civilizações um pouco mais adiantadas, mas com as mesmas afinidades malignas e pensamentos de cobiça e de ignorância, e que perduram até hoje, transformando o mundo terráqueo nesse amontoado de crimes e guerras fratricidas, guiados pelo mal pensamento e sentimentos de falsa superioridade, orgulho e impunidade, mas queremos crer que assim como aquelas civilizações tiveram seus dias finais, a nossa atual também está em tempos de contagem regressiva, e em seus estertores finais, e ai daqueles que não conseguirem afinar seus pensamentos e seus sentimentos com as Leis Cósmicas Evolutivas! Os assim chamados “gafanhotos fluídicos” já se espalharam e contaminaram grande parte das mentes e físicos da humanidade terrestre, e serão poucos aqueles que serão denominados de “escolhidos” ou de “joios”, para o dia da separação final. Os seres humanos da Terra deveriam ser mais cuidadosos com seus pensamentos. Deveriam aprender como formulá-los, como controlá-los e fazer uma autorrevisão ou autoanálise mental, para saberem definitivamente que: “Semelhantes atraem semelhantes” e que se lhes fosse dado apenas um minuto, para verem o que pensam e o que geram com seus maus pensamentos, e ao mesmo tempo, sentirem de imediato o que produzem com eles, e o que paira sobre suas cabeças e em seu redor, tanto física como espiritualmente, com certeza, fugiriam espavoridos dali ou deles próprios!

Curso Online de Astrologia Védica: Princípios Védicos, Planetas nas Casas, Efeitos dos Signos, Nakshatras e muito mais!

Curso Online de Quiromancia Védica: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!

Manual Digital de Quiromancia: Introdução e Princípios • Unhas, Dedos e Polegar • Mãos e Montes • Linhas, Símbolos e muito mais!

Leitura de Mão com Chris Breault: Leitura Personalizada da Mão, Dedos, Montes e Linhas e Mais!

Follow Domingos Yezzi:

Violinista Aposentado e Autor Contatado

Nascido em 1935, autor contatado por extraterrestres, cursado em Ciências contábeis, Economia, Análise de Sistema e Música. Serviu como Diretor Técnico da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, São Paulo, por 10 anos, onde pertenceu como “naipe” dos primeiros violinos. Fez estudos de Parapsicologia e Desenvolvimento Paranormal, enquanto alinhava os fatos que vinham lhe ocorrendo desde os seus 8 anos de idade, com relação a vidência, aurividência, e os contatos diretos com seres de outros planetas. Com sua falecida primeira esposa, fez um trabalho de mais de 36 anos de estudos e catalogações de variadas fenomenologia existentes.

Deixe um comentário (não precisa ser inscrito no site para comentar)