QV102: Unhas

A evolução das unhas depende do seu papel funcional. Nos animais, elas servem como órgãos de ataque e apreensão. No homem, essas funções ficaram atrofiadas. No entanto, nossas unhas ainda são, em uma pequena extensão, órgãos de apreensão, como por exemplo, quando as usamos para pegar alfinetes ou outros objetos minúsculos, mas no geral elas são pouco mais que um escudo para proteger as pontas dos dedos. As unhas perdem seu brilho em estados de vitalidade reduzida. Quiromantes têm observado que nas pessoas destras as unhas da mão direita crescem mais rapidamente do que as da esquerda. A unha renova-se completamente num período de 130 a 160 dias. Após a idade de 30 anos, essa taxa de crescimento dimimui, um fato que por si mostra que a vitalidade geral e uma função completa das principais fontes de saúde se refletem nas unhas.

Voltar para: Curso em Quiromancia Védica