Publicado em Deixe um comentário

O Eu-Todo Como Macho e Fêmea

O Eu-Todo Como Macho e Fêmea

Trecho tirado do livro “Seth Fala: A Eterna Validade da Alma

CAPÍTULO 13: REENCARNAÇÃO, SONHOS E O MASCULINO E FEMININO ESCONDIDOS NO EU

Como mencionei anteriormente, cada pessoa vive vidas masculinas e femininas. Como uma regra, a memória consciente destes não é retida. Para prevenir uma super identificação do indivíduo com seu sexo presente, no macho reside uma personificação interior de feminilidade. Esta personificação de feminilidade no macho é o verdadeiro significado do que Jung chamou de “anima” (principio vital, vida, alma. NT)

A anima no macho é, portanto, a memória psíquica e a identificação de todas as existências femininas prévias nas quais o eu interior foi envolvido. Ele contém em si o conhecimento das histórias femininas passadas do macho presente e a compreensão intuitiva de todas as qualidades femininas com as quais a personalidade é naturalmente dotada.

Então, a anima é uma proteção importante, prevenindo o macho da super identificação com quaisquer características masculinas culturais que foram profundamente impostas a ele através do histórico atual, do ambiente e da educação. A anima não apenas serve como uma influência pessoal, mas como uma influência da civilização de massa, amadurecendo fortemente as tendências agressivas e servindo também como uma ponte na comunicação com as mulheres num relacionamento familiar e também comunicando como isto é aplicado através das artes e da verbalização.

O macho sonhará freqüentemente consigo mesmo, no entanto, como uma fêmea. O modo particular pelo qual ele faz isto, pode dizer a ele muito sobre seu próprio histórico reencarnacional, no qual ele operou como uma fêmea. A masculinidade e a feminilidade não são obviamente opostas, mas tendências que emergem. A sacerdotisa, a mãe, a jovem bruxa, a esposa, e a sábia anciã – esses tipos gerais são arquétipos, simplesmente porque eles são “elementos enraizados”, representando, simbolicamente, os vários tipos das chamadas qualidades e os vários tipos das vidas femininas que foram vividas por machos.

Eles também foram vividos por fêmeas, claro. Porém, as mulheres não precisam ser lembradas de sua feminilidade, mas, novamente, de forma que elas não se super identificam com seu sexo presente, há o que Jung chamou de “animus”, ou o macho escondido dentro da mulher.

Porém, novamente, isto representa as vidas masculinas com que o eu tem estado envolvido – o rapaz jovem, o padre, o homem selvagem e agressivo, e o ancião sábio. Estes são tipos, representando geral e simbolicamente vidas masculinas passadas vividas pelas mulheres presentes. As mulheres, portanto, podem aprender muito sobre seus passados reencarnacionais como homens, através do estudo destes sonhos nos quais estes tipos aparecem ou nos quais elas mesmas aparecem como homens.

Através da anima e do animus, personalidades presentes assim denominadas são capazes de trazer conhecimento, e intuições, e históricos que foram derivados de existências passadas como o sexo oposto. Em algumas ocasiões, por exemplo, a mulher pode extrapolar e exagerar nas características femininas, casos em que o animus ou o macho nela vem em sua ajuda, trazendo, através das experiências de sonho, uma arremetida de conhecimento que resultará em reações compensatórias masculinas.

O mesmo se aplica a um macho quando ele se super identifica com o que ele acredita serem características masculinas, por qualquer razão. A anima, ou a mulher nele, se levantará para ações compensatórias, causando uma erupção de habilidades intuitivas, trazendo um elemento criativo que compense a agressividade.

Idealmente, deixadas sós, essas operações resultariam num equilíbrio individual e em massa, onde a agressividade sempre seria usada criativamente, como realmente pode e deve ser.

O animus e a anima são, é claro, psiquicamente altamente carregadas, mas a origem deste custo psíquico e a fascinação interior são o resultado de uma identificação interna bastante legítima com estas características personificadas do outro sexo.

Elas apenas não têm uma realidade na psique, portanto, mas são fixadas nos dados geneticamente classificados pelo eu interior – uma memória genética dos eventos psíquicos passados – transpostos para a memória genética das mesmas células que compõem o corpo.

Cada eu interior, adotando um novo corpo, impõe sobre ele, e sobre toda a sua genética, memória das formas físicas passadas nas quais esteve envolvido. Agora, as características presentes normalmente obscurecem as passadas. Elas são dominantes, mas as outras características estão ocultas e presentes, construídas dentro do padrão. O padrão físico do corpo presente, então, é uma memória genética do passado das formas físicas do eu e de suas forças e fraquezas.

Tentarei colocar isto tão simples quanto possível. Há camadas presentemente invisíveis no corpo, a camada mais alta que você vê representa, é claro, a forma física presente. Mas, emaranhada dentro desta há o que é a quantia das camadas invisíveis, “sombrias”, camadas ocultas que representam imagens físicas passadas que pertenceram à personalidade.

Elas são mantidas em suspenso, por assim dizer. Elas são eletromagneticamente conectadas à estrutura atômica do corpo presente. Para seu modo de pensar, elas estão não focadas. Elas são uma parte de sua herança psíquica, porém.

Freqüentemente você pode chamar uma força passada de um corpo prévio, para ajudar a compensar uma fraqueza presente. O corpo não só carrega a memória biológica de sua própria condição passada nesta vida, portanto, mas indelevelmente com ela, até mesmo fisicamente, estão as memórias dos outros corpos que a personalidade formou em reencarnações previas.

O anima e o animus são intimamente conectados com essas imagens do corpo interior. Estas imagens do corpo são altamente carregadas psiquicamente e também aparecem no estado de sonho. Elas operam como compensações e lembranças para lhe prevenir de se super identificar com seu corpo físico presente.

Elas são, é claro, macho e fêmea. Quando você está doente, no estado de sonho você tem experiências freqüentes, nas quais você parece ser outra pessoa com um corpo completamente saudável. Freqüentemente tal sonho é terapêutico. Um corpo reencarnacional “mais velho” veio em seu auxilio, a partir do qual você tirou força através da memória de saúde dele.

Experiências reencarnacionais são parte da estrutura do eu, uma face da realidade multidimensional da vida psíquica. Estas experiências irão, portanto, estar refletidas não apenas no estado de sonho, mas em outras camadas de atividade.

O tecido do eu presente é entrelaçado com estes “passados” reencarnacionais e, a partir deles, o eu presente tira inconscientemente de seu próprio banco de características de personalidade, atividades e insights. Freqüentemente recordações de vida passadas vêm à superfície, mas não são reconhecidas como tais, já que aparecem em forma de fantasia, ou são projetadas em criações artísticas.

Por exemplo, muitos escritores de peças históricas estão escrevendo de uma experiência direta naqueles tempos. Tais exemplos representam um trabalho harmônico de concordância entre o eu presente e a inconsciência, que trazem estas memórias à superfície de tal maneira que a vida presente é enriquecida. Muito frequentemente. Freqüentemente, a verdadeira consciência da situação se torna quase consciente e só sob a consciência o indivíduo conhece a fonte da autenticidade de seu material.

Em sonhos, muito freqüentemente, este material reencarnacional é lançado, de forma similar, em um molde dramático. Sob tudo isso, a anima e o animus trabalham juntos, novamente, não em oposição, mas misturando características. Juntos, é claro, eles representam a fonte de criatividade, tanto psíquica quanto fisicamente.

A anima representa a “interioridade” inicial necessária, o estado meditativo, cuidadoso, intuitivo, as características voltadas interiormente, o foco interno do qual a criatividade vem.

A palavra “passivo” é uma palavra pobre para descrever as características da anima, nela há a sugestão da falta de movimento, e este raramente é o caso. É verdade que a anima se permite ser vivenciada assim, mas o motivo por trás disto é o desejo e a necessidade de sintonização para com outras forças que são supremamente poderosas.

O desejo da rapidez, no entanto, é tão forte na anima como o desejo oposto, pelo descanso. As características do animus provêem o ímpeto agressivo que remete a personalidade de volta, do externo para as atividades físicas, mantendo triunfantemente os produtos da criatividade que as características da anima asseguraram.

O Eu todo é obviamente a soma destas características, e mais. Após a encarnação final, o físico, o tipo de criatividade sexual, simplesmente não é mais necessário. Em outras palavras, você não precisa reproduzir fisicamente. Em termos simples, todo o Eu contém características masculinas e femininas, finamente sintonizadas juntas, misturadas de forma que a verdadeira identidade pode, então, se elevar – pois não pode enquanto um grupo de características tem que ser enfatizado sobre o outro grupo, como deve ser durante sua existência física presente.

Publicado em Deixe um comentário

👽 Nós Viemos Porque Ninguém Mais Quiz

👽 Conversa Zeta: “Nós Viemos Porque Ninguém Mais Quiz”

👽 Conversa Zeta: “Nós Viemos Quando Ninguém Mais Quiz

Não tem havido grandes aparições dramáticas ultimamente. Existem outros grupos de civilizações ou culturas ET que estão em nossos céus agora?

“… Tenha em mente que a razão pela qual nós (o Zeta Reticuli) estamos aqui é porque nos oferecemos para isso quando ninguém mais queria, e ainda é assim agora. Ninguém mais de outras civilizações quer vir para cá [para a Terra], mas ocasionalmente eles passam rapidamente com uma nave desde que não precisem ficar. Mas não, não existem coisas chamadas de dramáticas acontecendo, e isso é intencional. Olhe ao redor do planeta. Você tem drama mais do que suficiente para lidar. Não é nosso trabalho aparecer de alguma maneira grandiosa que desvia [a sua atenção de] você de solucionar seus problemas pessoais e planetários. …”

~ Zeta Riticuli através de Robert Shapiro

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]


Robert Shapiro é um canal de trance profissional e autor de várias séries de livros publicados pela Light Technology Publishing: The Explorer Race (24), Shining the Light (7), Segredos Xamânicos (4), Mágica Benevolente (1) e Ultimate UFO (2). Ele é um homem místico com capacidades xamânicas bem e completamente infundido nestre mestre que ensina através de blogs, o Sedona Journal of Emergence e livros. É sua intenção trazer a mudança mais benevolente disponível no planeta, compartilhando suas inspirações pessoais e sua canalização. Saiba mais em Twitter.com/BenevolentMagic.

O texto original completo pode ser lido na publicação mensal Sedona Journal of Emergence, publicado pela Light Technology Publishing, especificamente a edição de julho de 2019, página 43.

Publicado em Deixe um comentário

Conversando Com os “Mortos”

Conversando Com Os "Mortos"

“… Outra coisa para a qual fui treinado, devido à minha experiência e conhecimento na Terra, é ajudar aqueles que são muito ricos quando morrem. Eu os ajudo a passar de suas vidas físicas para suas vidas espirituais e ajudá-los com seus arrependimentos (que eles têm) sobre a aquisição de coisas. Eles não se arrependem, nem deveriam se arrepender, de serem ricos. Mas todos eles se arrependem de ter adquirido mais do que realmente precisavam, precisariam ou gostariam. Estou falando sobre o que você chama de super-ricos. Eu estou dizendo que depois da vida, você não pode compensar isso, e sempre há um longo processo de revisão. É difícil, mas você é amado, não importa o quê.

“É tudo o que queria dizer e desejo-lhe felicidades. Eu sei que todos vocês de alguma forma passarão por esta vida na Terra. Só para lembrá-lo de que sei que alguns de vocês acreditam que você tem uma vida terrena após a outra, mas isso não é permitido mais nestes tempos. Então, quando esta vida terrena terminar, você estará em outro lugar onde você é amado, nutrido e permitido ser quem você é do jeito mais amável e gentil. Boa noite.”

Canalizado por Robert Shapiro [Sedona Journal] e traduzido por Chris Breault

 

Publicado em Deixe um comentário

👽 Conscientização Espiritual

Conversa Zeta: Conscientização Espiritual

👽 Conversa Zeta: Conscientização Espiritual

O animal humano, desde o nascimento, lida com muitas distrações que obscurecem as comunicações do espírito. Fome, impulsos sexuais, medo, dor – tudo demanda o estágio central. As distrações sociais são tão insistentes quanto o companheiro que exige conversas constantes exige tanta concentração quanto uma dor de dente latejante. Ambos se recusam a ir embora. Os seres humanos que querem estar em contato com o seu eu interior desenvolvem muitas técnicas para se separarem das distrações – longas caminhadas, retiros no deserto, oração, jardinagem, meditação. A prática chave é diminuir o ruído e ouvir as ressurgências, concentrando-se na música que o espírito está tentando cantar. A chave é eliminar distrações. Se isso pode ser melhor feito ao dobrar a roupa em uma lavanderia vazia, ou passear com o cachorro, ou fingir tirar uma soneca, não importa.

Onde o mundo físico pode ser uma distração, ainda faz parte do universo de Deus, assim como a alma é. A alma está consciente do mundo físico, pois são memórias que a alma carrega consigo, uma encarnação para outra. A entidade bem integrada com o mundo físico está estabelecendo uma conexão verdadeira com o universo de Deus, celebrando as ricas conexões. A noção de que a espiritualidade é separada do mundo físico é perpetrada por elites que lhe diriam que somente indivíduos especiais que podem se separar do físico são capazes de entender o mundo espiritual. Isso não faz sentido!

Escrito em 15 de julho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Publicado em Deixe um comentário

👽 Ficar Rico Rápido

Ficar Rico Rápido

Conversa Zeta: Ficar Rico Rápido

O dinheiro pode não comprar amor, mas certamente cobre muitas frentes: — boa nutrição, moradia, a capacidade de viajar, serventes, gratificação sexual, a vida em um bom clima e uma boa vista do topo de uma colina. Mais significativamente, o dinheiro é uma saída: — de ter que trabalhar, ter que fazer tarefas que os empregados podem fazer, de ter que ser educado com os empregadores e os banqueiros, e a possibilidade de uma saída de quaisquer problemas com um rápido pagamento em dinheiro. O dinheiro também pode permitir que uma visão seja alcançada e fazer a diferença entre embarcar em um caminho visionário ou definhar. Não surpreende, portanto, que esquemas de enriquecimento rápido sejam populares e gerem muito dinheiro para seus promotores, que estão tentando se tornar ricos [também].

Ao lidar com essas afirmações, que o segredo é este ou aquele, deve-se ter em mente que, se fosse assim tão fácil, todos seriam ricos. Este é um segredo bem guardado quando está à venda? Alguma coisa está sendo revelada que é um conhecimento especial? Esses esquemas geralmente incluem muitos construtores de autoconfiança, que em si e por si são calculados para fazer a diferença na vida daqueles que compram o esquema empacotado. O homem tímido que ficou de lado enquanto outros levaram crédito por suas idéias se torna assertivo e agora recebe crédito, e atribui seu melhor padrão de vida ao esquema de enriquecimento rápido. O poupador constante, que se apega a títulos sólidos de seguros e contas de poupança, assume investimentos mais arriscados e, até perder e ganhar muito, acha que sua vida se transformou.

Na medida em que o esquema empacotado fornece conselhos sólidos e incentiva os tímidos e constrangidos a viver a vida mais plenamente, esses esquemas não causam danos. Onde eles pegam dinheiro daqueles que são pobres com falsas promessas, eles [os compradores] estão apenas fazendo os promotores [ficarem] ricos.

Escrito em 15 de junho de 1995 © Todos os direitos reservados: ZetaTalk.com

Traduzido por Vaani Bhadra [t/c/c Chris Breault]

 

Publicado em Deixe um comentário

Um Alerta ESPECIAL

Alerta Especial

Desde 2008 eu venho acompanhando ensinos e informações extraterrestres e uma dessas informações é sobre transformações planetárias, especificamente, neste caso, a verticalização dos polos da Terra.

No dia 13 de junho haverá uma conjunção bastante estressante dos 4 planetas maléficos da Astrologia Védica — Marte, Rahu, Ketu e Saturno — simultaneamente à 24 graus! Isto tem o potencial de causar grande estresse no nosso planeta, que pode incluir calamidades naturais, além de guerras e outros eventos intensamente explosivos.

Mediante a tais forças energéticas, eu recomendo examinar os links sobrepostos nas imagens abaixo para considerar uma possível imigração para locais seguros na Terra, cuja população será reduzida em 90% após a verticalização dos polos que pode, sim, ocorrer durante um cataclisma envolvendo estes planetas.

Mapa de Locais Seguros e Inseguros
Mapa de Locais Seguros e Inseguros
Publicado em 2 comentários

Mensagem Importante de um ET (Através de Robert Shapiro)

Significado dos Círculos de Plantações

👽 Um ET [Explica] Sobre o Significado dos Círculos de Plantações

Um Ser de Outro Planeta através de Robert Shapiro

Círculos de plantação não são complicados; eles são intencionados serem simples. É por isso que eles têm uma atração universal. O significado da imagem do diagrama (o círculo de colheita) que você vê na ilustração desta postagem é simples; muito simples: Tudo está conectado.

A razão pela qual o círculo foi escolhido é que o seu planeta é inteiramente sobre círculos. Tudo no seu planeta é um círculo. O que quero dizer é que, no nível atômico, as partes componentes dos átomos, se você pudesse vê-los, são todos círculos ou esferas. Mas vou chamá-los de círculos porque é difícil dizer “esferas”. [O ser teve dificuldade em pronunciar o “sf” na palavra esfera]

Isso é importante para você saber e entender porque explica o motivo que as coisas são cíclicas. Em seu planeta, tudo vira e volta, você poderia dizer, na base do seu corpo, na base da árvore, na base do esquilo, não importa. Vocês são todos compostos de átomos e vocês os modela usando círculos ou esferas.

Então, quando você faz algo, digamos procria, isso significa que o círculo da vida continua. Mas como tudo é um círculo, você também deve lembrar que a história e todas as lutas e dramas também tendem a se repetir. A única maneira de você escapar da destruição e do sofrimento é aceitar completamente o fato de que todas as formas de vida, incluindo aquelas que os seres humanos consideram inanimadas (poeira, por exemplo), estão conectadas. Vocês estão todos conectados, cada porção de vocês neste planeta.

Linguagem Universal

O planeta é um “elipsóide”. Parece uma esfera. De modo que isso é para ser notado por você. Pode ser notado por seus cientistas; e pode ser notado pela pessoa comum. Se você entende isso, então o significado dos círculos em colheitas é muito claro; e é que todos vocês estão conectados, inclusive quando estão em movimento. É por isso que os círculos em colheitas tentam mostrar círculos em movimento como uma roda de fiar.

Os círculos menores que saem do centro servem para sugerir movimento, como figuras diferentes em um desenho animado (do tipo antigo), em que as imagens vão uma após a outra e formam algo que parece estar se movendo. Esse tipo de foto é uma linguagem universal. Eu queria trazer isso à sua atenção, porque a solução para melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas e acabar com todas as guerras e curar todas as doenças é a união.

Doença é um círculo também. Organismos são todos compostos de átomos. Uma vez que vocês se unirem, não haverá mais doença. Então a solução é simples, embora não seja fácil. Em seus tempos, vocês estão muito separados. Vocês acreditam que vocês estão separados. Vocês acreditam em “você e eles”, indiferente se você faz parte de um grupo ou apenas de uma família, e às vezes dentro da mesma família. Portanto, vocês têm que serem capazes de superar isso em um nível universal — o que significa toda a Terra — porque isso é totalmente entendido em todos os outros lugares [do Universo].

Vocês podem razoavelmente perguntar: “Por que não há doença em outros planetas? Há doença aqui na Terra. Por que não está em outros planetas? ”É porque todos os outros planetas entendem completamente que tudo está conectado. Quando você entende isso completamente e vive sua vida como se todas as outras formas de existência merecessem o mesmo respeito e honra que você deseja ter e que a tolerância [apenas] não é bom o suficiente, então, em última análise, isso evolui em amor e amizade.

Você tem um cachorro ou um gato de estimação que não se parece em nada com você, mas você o adora e ele ama você. Este é um exemplo do que estou falando. Você pode dar amor e receber afeto de um gato ou um cachorro, ou qualquer outro animal de estimação normalmente, de uma maneira que você se sentiria confortável e bem com aquilo. Então é isso, ou você apenas continua a ter círculos e dar voltas e voltas e voltas com batalhas e lutas, acreditando que todos vocês são únicas partes — e vocês são todos únicos — do círculo da vida. Mas acreditar que existem os bons e os maus e toda essa coisa, você tem que ultrapassar isso. Essa é a cura para a doença. É a cura para as guerras, é a cura para a raiva, é a cura para ódio, é a cura universal, e devo acrescentar que é a linguagem universal.

Uma vez que vocês aprenderem a superar essas coisas, vocês serão capazes de pensar seus pensamentos em sua língua, e a pessoa com quem você está se comunicando, se a pessoa está do outro lado do planeta ou bem na sua frente, ouvirá seus pensamentos e conhecerá seus sentimentos. Você pode ter algo sobre o qual você sente forte. Os outros entenderão isso em sua própria linguagem e em suas próprias nuances, porque é assim que as coisas funcionam quando há uma compreensão, conforme demonstrado ou ilustrado nos círculos das colheitas.

Bem, ok, seja bem vindo. Posso perguntar quem você é?

Apenas uma voz passando [pelo seu planeta]. Nada fantástico, apenas um cidadão em outro mundo consciente da sua situação na medida do possível sem ser afetado por ela.

OK. É só isso que você nos quer dizer? Isso é tudo?

Isso é tudo, a menos que você tenha uma pergunta.

Não. Isso faz total sentido. Bem, eu tenho uma pergunta. Disseram-nos que agora estamos em outro nível de realidade, e o passado não prevê mais o futuro. Então, eu não sei se é tão cíclico quanto você diz.

Eu não sei nada disso. Há uma razão que eu não sei sobre isso. É porque não posso ser afetado por suas lutas. Eu só posso ter uma visão geral, mas não os detalhes. Você entende porque?

Sim, claro. Você ficaria exposto ao nosso desconforto, e isso seria prejudicial para você. OK. Obrigado.


Robert Shapiro é um canal de trance profissional e autor de várias séries de livros publicados pela Light Technology Publishing: The Explorer Race (24), Shining the Light (7), Segredos Xamânicos (4), Mágica Benevolente (1) e Ultimate UFO (2). Ele é um homem místico com capacidades xamânicas bem e completamente infundido nestre mestre que ensina através de blogs, o Sedona Journal of Emergence e livros. É sua intenção trazer a mudança mais benevolente disponível no planeta, compartilhando suas inspirações pessoais e sua canalização. Saiba mais em Twitter.com/BenevolentMagic.

O texto original pode ser lido na publicação mensal Sedona Journal of Emergence, publicado pela Light Technology Publishing, especificamente a edição de fevereiro 2019, página 3.

Publicado em Deixe um comentário

SETH Explica a Morte e Fala Sobre O Assassinato de Martin Luther King Jr

SETH Explica a Morte e Fala Sobre O Assassinato de Martin Luther King Jr

Jane: “Depois do assassinato de Martin Luther King Jr., meus alunos ficaram muito chateados e, como muitas pessoas em todo o país e provavelmente no mundo, começamos a discutir o significado da violência. No meio da nossa conversa, Seth entrou na conversa [através da médio Jane Roberts]:

“Vocês receberam o livre-arbítrio. Dentro de vocês há diagramas [planos arquitetônicos]; vocês sabem o que deve ser alcançado como indivíduos e como pessoas, como raça, como espécie. Vocês podem optar por ignorar os planos.

Agora: Usando seu livre arbítrio, vocês transformaram a realidade física em algo bem diferente do que foi intencionado. Vocês permitiram que o ego se tornasse excessivamente desenvolvido e excessivamente especializado. Em muitos aspectos, vocês estão em um sonho. Foram vocês quem fizeram o sonho muito vívido.

“Vocês eram [foram criados] para resolver problemas e desafios, mas deveriam estar sempre conscientes de sua própria realidade interior e de sua existência não-física. Em grande medida, vocês perderam contato com isso. Vocês se concentraram tão fortemente na realidade física que ela se tornou a única realidade que vocês conhecem.

“Quando vocês matam um homem, vocês acreditam que o matam para sempre. Assassinato é, portanto, um crime e deve ser tratado — porque vocês o criaram. A morte não existe nesses termos.

“No alvorecer da existência física, no alvorecer antes do início da história, os homens sabiam que a morte é apenas uma mudança de forma. Nenhum Deus criou o crime de assassinato e nenhum Deus criou tristeza ou dor. Novamente, porque você acredita que pode matar um homem e acabar com sua consciência para sempre, então o assassinato existe dentro da sua realidade e deve ser tratado.

“O assassino do Dr. King acredita que ele apagou uma consciência viva por toda a eternidade. Mas seus erros e falhas, felizmente, não são reais e não afetam a realidade, pois o Dr. King ainda vive.

O Material de Seth, Capítulo 18 [Traduzido por Vaani Bhadra]

Publicado em Deixe um comentário

Mensagem Especial Para 2019 e Além

Mensagem Especial Para 2019 e Além

Durante minhas devoções no Eclipse de 5 de janeiro de 2019, eu fui inspirada para compartilhar ideias importantes. O texto e links mencionados no vídeo estão abaixo.

… Eu acho que posso falar de um [caso ufológico] que não foi escrito. Este é um caso em que uma pessoa religiosa foi contatada por uma mulher de Andrômeda. Este é um homem que estava fazia parte de igreja — numa fé às vezes chamada Igreja da Inglaterra — por muitos anos e chegou ao ponto em que ele estava em preste-aposentadoria e tinha realmente perdido sua fé um tanto por causa dele ter sido um capelão em mais de uma guerra. A depravação da guerra o havia afetado dolorosamente. Assim, embora ele tivesse feito bastante o bem, o máximo que podia fazer, estava deprimido com a condição humana e questionava sua fé em um criador que, segundo suas crenças, permitiria tais coisas. Naturalmente, isso acontece às vezes até com as pessoas da maior fé. Então um dia ele estava em seu jardim e uma mulher se aproximou dele. Ele não prestou muita atenção a ela no início, mas ela se aproximou e perguntou se ele estava tendo alguma dificuldade em plantar couve. Ele disse que o solo não era bom para couve, e ele estava tendo alguns problemas. Ela se abaixou e gentilmente moveu a mão sob o solo, e de repente as couves simplesmente saltaram para cima — as folhas e tudo ergueram e se adquiriram vitalidade. Ele observou aquilo com surpresa e disse: “O que você fez? Como você fez isso? ”E ela disse:“ Eu transferi um pouco de amor e generosidade para o solo, para que as plantas pudessem se sentir bem-vindas e felizes por estarem vivas. Quando o solo sente isso e o transfere para as plantas, então mesmo um solo fraco consegue sustentar as plantas. ”Então, sendo um homem de profunda reflexão, ele perguntou se ela poderia dizer isso de alguma outra forma que ele pudesse entender [melhor]. Ela então disse que era de um lugar onde essas técnicas agrícolas faziam parte da vida diária, que as pessoas cantavam para as plantas e as plantas podiam ser sentidas em um nível de sensações físicas em seu corpo. Ela disse que sempre sentia que as plantas cantavam de volta. Então ele queria saber onde ficava esse lugar, e ela disse que ficava em outro planeta. Ele ficou quieto por algum tempo, pensando talvez que ela não estava sendo sincera mas, em estar tão impressionado com sua clareza e presença geral, que ele ficou desconfortável em duvidar dela. … [o texto continua no livro]

 

Estrada Alta ou a Baixa?

 

Publicado em Deixe um comentário

Dicas da Vaani

Dicas da Vaani em Leis Universais

Dicas da Vaani em Leis Universais e mais. [Ver o álbum de vídeos]

Publicado em Deixe um comentário

O Que Esperar de Uma Análise de Mão por Vaani Bhadra

O Que Esperar de Uma Análise de Mão por Omisha Vaani Bhadra

A expectativa em saber o que linhas e marcas significam em nossa mão pode ser bastante grande e, até mesmo, causar ansiedade. É recomendado relaxar, mesmo porque, tirar fotos da mão durante um momento de estresse causa a cor natural da mão ser alterada para uma mais intensa e, sendo assim, não representante da condição normal do portador, a menos que este seja uma pessoa estressada por natureza. Por isso devemos relaxar, principalmente durante a sessão de fotos das mãos a serem enviadas para análise.

O outro ponto bastante importante é ficar preparado para ouvir aquilo que não era o esperado, pois isso é possível. Por exemplo, uma pessoa pode estar ansiosa para saber o motivo de não ter sorte no amor e poderá ficar desapontada em descobrir que o motivo é ela mesma, devido uma tendência de comportamento indesejável. Neste caso, o portador da mão deve estar aberto para encarar a verdade sobre si mesmo, mostrado em sua própria mão, e para fazer as melhorias necessárias a fim de obter êxito neste setor de sua vida. De modo que nem sempre os resultados da análise lhe trarão as desejadas notícias e é importante estar preparado para isto, pois este é o primeiro passo ao melhoramento das suas verdadeiras condições.

Análise de mão não deve ser usada para saber quando e como uma pessoa vai morrer, pois isso é certo ocorrer um dia e sabê-lo não vai modificar nada mas, provavelmente, acelerará o processo pela ansiedade obtida no seu conhecimento. A meta principal em uma análise formal de mão deve ser o autoconhecimento, com o propósito de melhorias a fim de obter sucesso nas áreas onde existem dificuldades e, acima de tudo, o exercício pela confirmação dos talentos já existentes mas não reconhecidos. Por exemplo, uma pessoa pode ter talentos médicos e estar desperdiçando seu precioso tempo buscando uma carreira em contabilidade. Saber é poder e, saber o que é relevante saber, é poder dobrado, se usado propriamente.

Vaani Bhadra não cobre com glacê os resultados de suas análises e ela diz o que mostra, sem hesitação ou rodeios, sempre usando uma linguagem cândida, convidativa ao ouvinte na aceitação de suas condições e, acima de tudo, encorajadora de suas necessárias melhorias para obter as vitórias desejadas.

Saiba TUDO sobre a Chris Chalreo Breault — também conhecida pelo auto-adotado nome védico de Vaani Bhadra, em harmonia com sua Nakshatra de nascimento, Rohini — através de seu Mapa Astral Védico, abaixo; onde ela tem evidenciado sua profissão nata como ocultista.

Publicado em Deixe um comentário

Você Deve Escolher Agora: A Estrada Alta ⤴ Ou A Estrada Baixa ⤵

Você Deve Escolher Agora: A Estrada Alta Ou A Estrada Baixa

O que os extraterrestres querem dos humanos? Quem realmente é o salvador e qual é a salvação? O que significa a separação do joio do trigo, mencionado na Bíblia? Saiba neste vídeo.

 

Links Mencionados: