Publicado em Deixe um comentário

🌝 Lua Cheia em Capricórnio, na Nakshatra Dhanistha

🌝 Lua Cheia em Capricórnio, na Nakshatra Dhanistha

Conforme o Sol nasce em Câncer na manhã de 15 de agosto, a Lua chega ao ponto de plenitude em 29° de Capricórnio. Ao contrário de julho, quando a Lua Cheia foi eclipsada pela conjunção de Ketu e Saturno em Sagitário, esta Lua Cheia escapa todos os aspectos planetários negativos, oferecendo momentos de calma reflexão e discernimento após meses de turbulência, obstáculos e atrasos inesperados.

Podemos começar a sentir as marés virando neste momento. O movimento direto de Júpiter também se assentará à medida que começarmos a ver a esperança de criar novas formas e estabelecer novas raízes. O dispositor da Lua neste momento, Saturno, no entanto, permanece em um abraço apertado com Ketu em movimento retrógrado, lembrando-nos que nossos novos alicerces exigem paciência para se estabelecerem.

Vênus também está em uma conjunção apertada com o Sol neste momento, pois ambos estão prestes a entrar em Leão no final dos graus gandanta de Câncer. Este pode ser o ponto de partida ou quebra para algumas pessoas em sua posição de relacionamento atual. A dinâmica de relacionamento ou parceria pode ter estado turbulenta durante este ano e esta conjunção de Vênus com o Sol pode ajudar a revelar as chaves para superar as turbulências, ou romper.


Na astrologia védica, a Lua em trânsito traz resultados positivos quando transita na 1ª, 3ª, 6ª, 10ª e 11ª casa, contando a partir de onde a Lua estiver posicionada no mapa natal (D1). Nas casas restantes, traz alguns desafios.

Casa Onde O Trânsito da Lua Ocorre Para Cada Signo

Signo Ascendente ou Lunar Casa do Trânsito
Áries 10
Touro 9
Gêmeos 8
Câncer 7
Leão 6
Virgem 5
Libra 4
Escorpião 3
Sagitário 2
Capricórnio 1
Aquário 12
Peixes 11
Publicado em Deixe um comentário

Previsão de Pai no Mapa Astral Védico

Previsão de Pai no Mapa Astral Védico

Do mapa natal do nativo, questões relativas ao pai podem ser examinadas e analisadas pelo seguinte:

  • 10ª Casa e 10º Senhor
  • Condição do Sol
  • 9ª Casa e 9º Senhor
  • Condição de Júpiter

No sul da Índia, o pai é visto a partir da 10ª Casa, mas, na maioria dos livros, a 10ª casa refere-se à determinação do posto do nativo na sociedade, autoridade, profissão, negócios, status social e também comando. Visto que o pai comanda seu filho, pode-se afirmar que a 10ª casa, portanto, deve ser examinada.

Além de riqueza, a 9ª casa representa o pai como preceptor. Assim, todas as coisas relacionadas ao pai devem ser vistas da 9ª casa no mapa natal do filho, além da posição de Júpiter e do Sol.

Existem vários princípios bem definidos para determinar a saúde, a riqueza e a longevidade do pai a partir da 9ª casa do filho. O mapa de nascimento de familia é, preferencialmente, visto pelo filho mais velho, ou filha mais velha, se houver.

Algumas das combinações a considerar

PAI INDIGENTE / POBRE:

  • O 9º Senhor está debilitado e a 2ª ou 4ª casa a partir da 9ª (isto é, a 6ª e 8ª casa) é ocupada por Marte
  • Marte na 10ª ou 12ª casa do Ascendente dá impedimento de herança paternal

PAI DE LONGA VIDA:

  • 9º Senhor em alta exaltação
  • Vênus em Kendra
  • Júpiter na 9ª casa de Navamsha (D9) a partir do Ascendente

PAI RICO E FAMOSO:

  • 9º Senhor na 10ª Casa
  • 10º Senhor com aspecto de planeta benéfico

FILHO DEVOTADO AO PAI:

  • Sol em alta exaltação e 9º Senhor está na 11ª Casa; ou
  • Sol em trikona (1, 5 ou 9) a partir do Ascendente;
  • 9º Senhor na 7ª Casa em conjunção ou aspecto de Júpiter

INIMIZADE COM O PAI:

  • 1º Senhor na 9ª Casa junto com o 6º Senhor; ou
  • Sol na 6ª, 8ª ou 12ª casa; ou
  • Sol na 9ª casa em signo inimigo (Touro, Libra, Capricórnio ou Aquário); ou
  • 8º Senhor na 9ª casa; ou
  • 12º Senhor no Ascendente; ou
  • 6º Senhor na 5ª Casa do Ascendente.

 

Publicado em Deixe um comentário

Relatório de Previsões com Numerologia 🕉

Numerologia Védica

Lançamento de novo serviço em autoconhecimento e previsões através da Numerologia Védica. Este serviço é ideal para todos que não sabem o horário de nascimento, mas, ainda assim, desejam um relatório completo sobre sua pessoa e previsões de vida, tais como:

  • Dados numerológicos pessoais completos e particularidades
  • Mapa Numerológico e Análise de Personalidade
  • Análise e Significado da Numerologia do Nome de nascença ou adotado
  • Análise Numerológica da Vida e Remédios
  • Recomendação de Mantra Planetário e Yantra
  • Previsões Compostas do Signo Solar e do Número de Raiz
  • Previsões do Número do Nome, Períodos e Dias Favoráveis
  • Indicações de Doenças Físicas e Recomendações de Remédios Védicos
  • Indicações de Compatibilidade Pessoal, Vida Profissional e Matrimonial
  • Recomendações de Pedras, Ervas e Banhos
  • Recomendações de Donativos, Deidade e Práticas de Espirituais
  • Recomendações em Vastu (Arquitetura Domiciliar)
  • Dashas de Numerologia – 1º e 2º Ciclo
  • Previsão do Ano Decorrente e Para Cada Mês …
  • … e muito mais!

O relatório contem aproximadamente 50 páginas em formato de arquivo PDF enviado diretamente para o seu email. Encomende o seu hoje!

Publicado em Deixe um comentário

🌑 Lua Nova em Câncer na Nakshatra Pushya

🌑 Lua Nova em Câncer na Nakshatra Pushya

Em 31 de julho (1º de agosto em algumas partes do globo), às 11:11pm (-5 UTC), temos uma Lua Nova no signo sideral de Câncer, que é o signo domiciliar da Lua, Moolatrikona, e na nakshatra Pushya. Pushya é a estrela da nutrição, e no dia de Lua Nova é importante nutrir o seu eu interior; usar o momento para retroceder, fazer uma pausa e refletir sobre o mês que passou e planejar o que virá adiante.

Pushya é governada por Saturno, o disciplinador, e a divindade da nakshatra Pushya é Brihaspati, o sacerdote divino. Recitação de mantras, meditação e práticas espirituais são extremamente eficazes durante este momento. Recite o simples, mas poderoso, mantra de Shiva “Aum Namah Shivaya” 108 vezes ou mais (use um de nossos rosários de rudrakshas para contar), visto que Lua Nova é dedicada ao Senhor Shiva.

Muitos de nós podem sentir letargia e cansaço durante esse período. Mantenha-se bem hidratado para ajudar a combater isso. Podemos sentir falta de motivação para fazer as coisas. Isto é principalmente devido a Marte, o planeta da paixão e ação, estando em seu ponto mais baixo (debilitação). Anote e reflita sobre tudo o que aconteceu no passado ciclo lunar e estabeleça intenções para o próximo ciclo lunar. Honre seus antepassados, ore a eles e expresse sua gratidão.


Na astrologia védica, a Lua em trânsito traz resultados positivos quando transita na 1ª, 3ª, 6ª, 10ª e 11ª casa, contando a partir de onde a Lua estiver posicionada no mapa natal (D1). Nas casas restantes, traz alguns desafios.

Casa Onde O Trânsito da Lua Ocorre Para Cada Signo

Signo Ascendente ou Lunar Casa do Trânsito
Áries 4
Touro 3
Gêmeos 2
Câncer 1
Leão 12
Virgem 11
Libra 10
Escorpião 9
Sagitário 8
Capricórnio 7
Aquário 6
Peixes 5
Publicado em Deixe um comentário

Autoconhecimento Pelos Quadrantes no Mapa Astral Védico

Autoconhecimento Pelos Quadrantes no Mapa Astral Védico

Cada quadrante tem 3 casas e cada um dos quadrantes tem significados específicos. Muitos planetas em cada quadrante indicam onde está sua principal atenção e dedicação nesta sua encarnação.

1º Quadrante – Casas 1, 2 e 12: (Leste) 🖝 EU: Representa Relacionamento com o Eu Próprio (você)

  • Auto-motivado e auto-absorvido (dedicado ao autobenefício)
  • Tendências em individualismo e egocentrismo

2º Quadrante – Casas 3, 4 e 5: (Sul) 🖝 INTERIOR: Representa a vida privada e Relacionamentos Pessoais (irmãos, membros da família, vizinhos e relações próximas)

  • Dedicado aos familiares e entes próximos
  • Tendência em uma disposição secretiva

3º Quadrante – Casas 6, 7 e 8: (Oeste) 🖝 OUTROS: Representa Relacionamentos com os Outros (cônjuge, parceiros, sogros, colegas de trabalho, funcionários/serventes e conexões inimigas)

  • Útil e co-dependente dos outros (dedicado ao benefício alheio)
  • Tendência em falta de auto-motivação

4º Quadrante – 9, 10 e 11: (Norte) 🖝 EXTERIOR: Representa a vida pública e Relacionamentos Impessoais (membros da sociedade e relações distantes)

  • Dedicado à vida profissional
  • Interesses humanitários e influência pública

A Casa 4 representa Nadir e a Casa 10 representa Zénite

CORREÇÃO: No vídeo acima, houve um erro quando disse que a Casa 8 está enquadrada no Quadrante 4. Não está. A casa 8 faz parte do Quadrante 3, e a Casa 9 (junto com a 10 e 11) é que faz parte do Quadrante 4. Veja os detalhes no completo e correto texto acima.

Publicado em Deixe um comentário

Consequência Cármica de Leitura de Mão Enganosa

Consequência de Enganosa Leitura de Mão

Neste texto, meu querido amigo e autor contatado, Domingos Yezzi, menciona a Quiromancia. Vejam o que ele sabiamente diz:

“… levo em consideração os conhecimentos karmicos da Christina sobre o Horóscopo Indiano, ou Védico, que apesar de não ser matemático, pode dar uma visão aproximada do caráter e da personalidade de uma pessoa e bem como do seu futuro. Você nasceu em determinado signo, o qual, veio patrocinado pela junção de alguns planetas, que queiramos ou não, admitemos ou não, também não nos foram dados por acaso, pois, conforme meus estudos e as informações que recebo “de fora”, nosso Perispírito com seu respectivo DNA energético, aguardou no astral o momento exato de retornar à vida, justamente para poder usufruir de todas essas variações e possibilidades das quais falei. Há também, o lado da Quiromancia, ou seja, o saber ler as linhas traçadas em nossas mãos, as quais, são específicas e particulares, foram pulsadas por cada um de nossos Perispíritos quando estávamos no ventre materno e formam um verdadeiro mapa demonstrativo de nossas futuras caminhadas, na reencarnação que abraçamos, independentemente dos rumos religiosos ou não que escolheremos ou que nos serão impostos durante a vida. O que vale dizer que, essas linhas, quando não mal usadas e mal interpretadas pelas ciganas “buenas dichas”, que as utilizam para proveito próprio, a ciência num futuro próximo, poderá colocá-las num grande computador, mapeando e computando as linhas das mãos dos que já morreram e as linhas dos que vivem ou nasceram agora, obtendo com precisão, como será a vida de cada ser e o que deverá ser feito para melhorar, curar, transformar e etc. Como você vê, o assunto vai longe, mas infelizmente, não há outra pessoa que se arrisque ou que tenha o meu karma, ou ainda a missão de saber abordá-lo!” ~ Domingos Yezzi

Então, se for ter uma leitura de mão, assegure-se que o leitor/analista seja não somente conhecedor fatual do assunto, mas também alguém honesto e íntegro.

 

Publicado em 1 comentário

Seres Reptilianos Existem?

Seres Reptilianos Existem?

As pessoas que eu pessoalmente conheço que estão em contato com os ETs negam, em um acordo consistente, a existência de reptilianos e eles dizem, consistentemente, que essa é uma farsa criada por humanos obcecados com negatividade. É uma estória hollywoodiana suculenta e é tudo o que isso é, de acordo com eles. Eles também negam a existência de ETs malevolentes na terra subterrânea ou em qualquer outro lugar. A única força malevolente entre os humanos é a mente humana, obcecada com negatividade e violência como resultado.

Eles confirmam a existência de um grupo de humanos que acreditam que são donos do planeta Terra e desejam, tolamente, controlá-lo (através de proliferação de medo, guerras e outras táticas de controle com a destruição das massas, pois quanto menor mais fácil de controlar), apenas para descobrir, eventualmente, que não conseguem. Há um planeta sendo reservado para eles irem, para levarem a cabo sua negatividade entre si, para que possam viver o inferno que acreditam existir e perpetrar nos “outros” o tanto quanto seus corações desejarem. Sua energia e todos aqueles com energia equivalente a deles irão (reencarnar) lá quando a transição planetária e a transformação acontecerem.

Portanto, essa história de reptiliano é pura mentira hollywoodiana para desinformar e perpetuar a negatividade que existe no nosso planeta. O meu amigo, autor contatado Domingos Yezzi, e os espíritos de quem aprendo, negam a existência desses seres e também que existam ETs malevolentes. Não existe e isso é uma grande lorota para controlar mentes. Cuidado com o que vocês ouvem e aprendem!

Crânio dos Annunakis
Crânio Fóssil dos Annunakis

Meu entendimento é que os chamados Annunakis são uma raça de seres gigantes que escravizaram a humanidade durante o tempo da Atlântida, mas sua escravização acabou sendo interrompida pelo evento cataclísmico da Mãe Terra que destruiu aquela civilização, o que vai acontecer novamente com a chegada de um grande corpo destruidor do espaço. Grande parte de sua tecnologia e práticas ocultas de seu tempo, incluindo portais energéticos, estão enterradas sob os oceanos. Um desses portais energéticos ainda é um tanto ativo na região do Triângulo das Bermudas, daí os desaparecimentos misteriosos lá.

O que o autor contatado Domingos Yezzi tem a dizer?

Pergunta:

Boa noite. Gosto muito dos seus livros e do seu trabalho em geral.

Gostaria de que falasse um pouco sobre os Annunakis, também conhecidos como Reptilianos. Li no Livro “O Grande Segredo” do autor David Icke sobre esse assunto e gostaria de entender um pouco melhor. Realmente eles estão no controle do nosso planeta? Existem humanos que são híbridos com tal raça? No livro é relatado que a Rainha da Inglaterra é um caso desses. Poderia esclarecer sobre o assunto?

Obrigado.
Marcus

Resposta:

Prezado Marcus,

Pelo que eu sei, os Annunakis são uma raça extinta há milhares de anos, contudo, dentro de minhas experiências mentais e espirituais e contatos com outros seres, sei que a Raça pode ter desaparecido mas seus espíritos não! Isso quer dizer que, dentro das leis Universais, essas entidades podem ter se conservado em espírito, pois salvo alguns milhares de exceções, ninguém é obrigado a se reencarnar e, no caso deles, que tinham muito conhecimento das ciências ocultas, podem muito bem estarem tentando dominar a mente humana. Repito podem tentar, mas, não dominarão, pois as forças positivas tanto da Terra quanto do Universo são maiores e mais poderosas que eles. Entretanto, existem, os menos avisados, incautos que servem de “médiuns”, ou seja, de intermediários para essas criaturas malignas atuarem entre os humanos, assim como outras criaturas “residentes” no baixo astral ou Umbral, ou ainda, campos paralelos da Terra, de onde eles são atraídos por sintonia mental e espiritual até os seres humanos, incorporando-os e induzindo-os a praticarem mil e um tipo de maldades. Como aquelas raças se situaram na antiga Mesopotâmia, onde hoje é o Oriente Médio onde também se localizam várias outras raças ou seres remanescentes daquela civilização, forma-se assim um campo fértil para essas manifestações. Dai, como resultado, os grandes massacres e genocídios impiedosos contra velhos, mulheres e crianças, significando que a inimizade milenar continua entre eles mesmos, que retornam para vingarem-se de seus algozes anteriores, tornando os locais palcos de um moto-contínuo sem fim, mortes e reencarnes atávicos, que ninguém pode dar jeito, nem mesmo as forças superiores, pois lá está se fazendo vigorar as Leis Universais de Causa e Efeito.

Quanto a rainha que você mencionou, não estou sabendo de nada por enquanto. Mas assim como ela, há outros lideres mundiais afeitos ao domínio da humanidade pela força, pelas guerras, pela corrupção pelo amedrontamento, podem ser veículos daqueles seres como descrevi acima, mas também, podem ser fruto de mera especulação sensacionalista, mas que no fundo, revelam o mal caráter e a índole belicista daqueles lideres, que como se diz na gíria, “cospem no prato que comem”, esquecendo eles que estão no mesmo planeta e no mesmo barco rodopiante no espaço sideral, podendo exterminarem a si próprios!

Grato por sua pergunta.

Abraços,
DYezzi::.

Publicado em Deixe um comentário

Lúcifer Existe?

Lúcifer: Verdade ou Legenda?

Esta é uma pergunta bastante comum, mas que pode ser explicada com lógica e sabedoria milenar extraterrestre do querido autor contatado Domingos Yezzi.

Pergunta:

Olá Yezzi,

Prazer em conhecê-lo. É verdade que Lúcifer existe, ou é somente uma lenda? Pois há religiões que dizem que ele existe e outras negam a existencia dele, aí fico na dúvida.

Obrigado pela atenção.
José O.

Resposta:

Prezado José,

Grato por sua pergunta.

Pra que eu possa dissertar a respeito desse personagem Lúcifer e ao mesmo tempo responder a sua pergunta, eu tenho que retornar aos tempos da Criação do Universo, o que você poderá ler no capítulo 24, páginas 64–72 do meu primeiro livro “O que Os Extraterrestres Pensam e Esperam de Nós“, denominado de: “De Onde Viemos O Que Somos e Para Onde Vamos” e ” Gênesis Moderna” respectivamente. Devo lembrar que estaremos editando um livreto de bolso só para essas páginas, pois elas são essenciais para compreensão do Criador e Suas Criaturas.

Quando o Núcleo Central Cósmico — Deus — ou O Criador passou a existir, ele se tornou um grande Sol, gerador de energias e as espargiu para todos os recantos do Universo e cada raio ou que era e é espargido dele sai com um comprimento de onda especifico, que foi chamado de Centelha. Sendo assim, as respectivas centelhas foram dando origem a cada coisa no universo, ou seja, aos planetas, aos “habitats”, aos habitantes e tudo o mais que teria que existir. E, como um grande gerador, à guisa de uma Grande Usina Elétrica, como tal, gera tanto o positivo, quanto o negativo e o neutro.

Durante bilhões de anos esse Núcleo Central Cósmico foi gerando tudo à sua volta e assim de dentro para fora, tudo foi tomando sua respectiva forma e cada “habitat” foi formando seu habitante, ou seja, “o habitat gera seu habitante e seu habitante gera seu habitat, não importando a localização desses Habitats no universo, contudo, os mais próximos a ele foram sendo gerado antes, portanto, são mais antigos e adquiriram experiência, vivência e conhecimento antes daqueles que íam sendo formados nas periferias do Universo e das respectivas galáxias (lembrando que nosso sistema solar se situa na periferia da nossa galáxia — a Via Láctea). Ocorre, entretanto, que muitas centelhas humanas geradas anteriormente, e, por serem humanas, ou como querem alguns, humanóides em alguns casos, mas que no conceito universal todos são humanos; falharam e foram remetidos aos habitats mais inferiores, não só para se desintoxicarem de suas partículas negativas, mas também porque tinham adquirido mais conhecimentos e maior avanço tecnológico, mas como não haviam conseguido perder sua negatividade, sua soberbia e arrogância, ao se verem frente a frente com seres mais ignorantes e carentes, induziram a outros já reencarnados a criarem cultos, seitas e religiões afeitas ao mal e que tinham por escopo a sua adoração, sempre com firme propósito de dominação das maças e obterem vantagens energéticas e fluídicas. Vieram povos, que apesar do adiantamento psíquico e cientifico, faziam sacrifícios de sangue, tanto de humanos como de animais a esses seus “deuses” que se auto-dominaram de Lúcifer, Diabo, e congêneres. E, como o mal já estava prevalecendo, foram mandados para esses locais, principalmente a Terra em nossa Galáxia, entidades do Bem. Estas então, também baseadas na fragilidade e no pouco conhecimento que se alastrava entre os humanos, fundaram religiões que cultuavam a Deus e mesmo assim, foram ensinadas a temê-lo e não a amá-lo e neste círculo vicioso sem fim que perdura até hoje, formou-se a eterna luta entre o Bem e o Mal, os quais são frutos do mesmo Núcleo Central Cósmico, e sendo assim, os revoltados continuam revoltados e endeusando o deus do mal Lúcifer, Satanás, o Diabo e os que ainda tentam um lugar no positivismo, continuam endeusando seus avatares do Bem, entre eles Jesus e muitos outros.

Pode-se imaginar quantas milhares de seitas e religiões surgiram dessa luta sem fim! Sem esquecermos, que o Núcleo Central Cósmico durante a criação do Universo e seu imenso conteúdo, veio criando as leis de ação e reação, causa e efeito e etc, as quais vieram se formando a cada delito praticado, contra a construção e a elevação do ser de volta a sua origem — Deus, o qual terá seu direito a elevação e ao progresso, mesmo que leve milênios para que isso aconteça e ele tenha que passar por milhões de reencarnações para planetas como a Terra ou pela troca simples e pura de suas vestimentas energéticas em planetas mais evoluídos!

TEXTO DE AUTORIA EXCLUSIVA DE DOMINGOS YEZZI — Aqui cai por terra a teoria do Big Bang, prevalecendo a minha afirmação de que o Universo se inciou desde o micro ao macrocosmos.

Abraços,
DYezzi::.

Publicado em Deixe um comentário

Vampiros e Lobisomens Existem?

Vampiros e Lobisomens Existem?

Resposta do meu amigo, autor contatado por ETs, Domingos Yezzi, a uma pegunta que foi enviada a ele sobre seres extra e intra terrestres.

Vampiros, lobisomens, outros como sacis e outros ainda medonhos, acredite se quiser, existem sim. Os vampiros são seres que em vida [física] praticaram muita maldade com relação ao sangue humano, ou seja quando em vida sacrificavam suas vítimas, como crianças e adultos, sugando-lhes os sangue para matar seu vício, que é um vício, como o de drogas, álcool, sexo, enfim, vícios que permanecem incrustados no perispírito daquelas pessoas e que seguem com elas após sua morte física, inclusive transformando suas vítimas que passam a ser algozes e tendo os mesmos vícios e só ficam saciados quando se voltam contra aqueles que os fizeram assim, ou contra os membros de suas gerações futuras. Como se diz: É UM KARMA PESADÍSSIMO que só termina quando uma força superior interfere a pedido de outras forças harmonizadoras, mas assim mesmo pode levar séculos, para o devido fim. Veja capitulo 45, página 150, do meu primeiro livro: “O Que Os Extraterrestres Pensam e Esperam de Nós“. Normalmente, pessoas que tiveram essas atividades quando em vida, permanecem com seus perispíritos colados aos seus físicos ainda semimortos e, para continuarem com suas “proezas”, fazem questão de assim continuarem. Então, à noite, longe da luz do Sol, pois este tem peso e desintegra todas as ações nefastas, ao contrário da lua, que, com seus raios suaves ajuda e alimenta os fluídos deles e dos lunáticos, aqueles que só funcionam quando os impulsos do luar se fazem presentes. Saem de seus corpos esqueléticos e seguem a procura de encontro com suas vítimas, na calada da noite e vão sugá-las em busca do fluído da vida que é o sangue humano, retornando logo após aos seus esquifes já com suas energias refeitas para assim poderem dar continuidade às suas sinas.

Já os Lobisomens, são os praticantes do fenômeno “licantropia”, ou pessoas que possuem a mediunidade, ou sensibilidade denominada de Mediunidade de Transfiguração, a qual permite que esses infelizes tenham a possibilidade de se transformar à luz da Lua em lobos enormes que atacam galinheiros e tudo o que eles possam para manter seu tônus vital. Durante o dia são pessoas “macambuzias” (conheci pessoalmente algumas) que quando encontram estercos ficam como a admirá-los para durante a noite retornarem. Não atacam pessoas, mas metem muito medo e vez por outra são atacadas por elas devido ao pavor que transmitem.

Quanto aos Sacis, que existem sim, são elementais exsudados da Natureza, frutos de uma espécie de acasalamento de negros escravos que fugiam de seus algozes para as florestas no “interland” (interior) brasileiro e lá, com suas mágoas, medo e terrores, conseguiam materializar energeticamente esses pequeninos seres de uma perna só, como se fossem um retrato de suas almas sofredoras e ao mesmo tempo vingadoras, daí as lendas transmitirem que quando eles eram avistados, estavam fazendo traquinagens, tais como dar nós nos grandes rabos de cavalos. Presenciei esses fatos também, em sitio de meus tios, pois à noite os cavalos corriam de um lado para outro sem qualquer motivo e os havíamos deixado com suas caudas lindas parecendo um longo cabelo de mulher, e pela manhã os íamos encontrar com suas caudas trançadas. É coisa “do arco da velha” como diziam os antigos, mas são verdadeiras, posso afirmar.

Assim são os Gnomos, os e outros Elementais, que são exsudações da Terra, grutas, águas, rios e florestas, do ar, da noite e do dia. Há milhares ou milhões de Elementais, cada um responsável por seus elementos. Há também aquele fenômeno “mãe-de-ouro” que só saem à noite e são exsudados, brotados, dos locais onde há ouro. Posso garantir que também presenciei a presença deles, saindo do Pico do Jaraguá e indo pelo Céu até o Pico do Vuturuna (ex-propriedade do meu avô, por parte mãe, que não o registrou em cartório e um industrial se apoderou dele). Fica entre Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus, interior de São Paulo.

E assim, há vários fenômenos no mundo (muitos dos quais, alguns dos grandes compositores retrataram em suas músicas sinfônicas), e como dizia Shakespeare: “Há muito mais mistérios entre o céu e a terra, do que possa pensar nossa vã filosofia”.

Penso que estas respostas poderão clarear um pouco as dúvidas. Elas são originais minhas, frutos de minha vivência e experiência, que talvez não sejam encontradas nos livros, mesmo espiritas!

Sobre os ETs, sim a maior parte são do Bem, mas, assim como na Terra existem os patricinhos e patricinhas, há alguns um tanto molecões no espaço, e esses por vezes escapam ao controle de seus superiores e fazem alguma gracinha, tais como; abduções, transportar uma pessoa de um lugar para outro, fora de seu continente dentro de seu próprio carro, e muitas outras coisas, mas não fazem mal.

Domingos Yezzi

Publicado em Deixe um comentário

Leitura da Orelha e Significados

Leitura da Orelha

Na leitura facial, suas orelhas são representantes da sua saúde e fortunas de 1 a 14 anos. Começando no topo e descendo até o lóbulo, a orelha direita representa de 8 a 14 anos, enquanto a esquerda representa de 0 a 7 anos.

Na leitura chinesa de rosto, os ouvidos se relacionam com os rins. Existem várias formas e tamanhos de orelhas e elas não podem ser analisadas somente pela frente. As orelhas são a única parte do rosto que continua a crescer ao longo da vida — e é por isso que muitas pessoas idosas têm orelhas extremamente grandes. Portanto, na leitura facial, deve-se levar em consideração a idade da pessoa.

 

Tamanho

Na China, orelhas grandes são consideradas um sinal de vitalidade e longevidade. O deus chinês da longevidade, Shou Xing, é sempre retratado com orelhas extremamente longas. Pessoas com orelhas grandes são animadas e energéticas. Elas estão preparadas para assumir riscos que amedrontariam aqueles que possuem orelhas menores. Se você tem um amigo com orelhas grandes, provavelmente ele é um bom ouvinte.

Pessoas com orelhas pequenas são cautelosas, atenciosas, introvertidas e silenciosamente ambiciosas. Orelhas médias indicam comportamento e reação normais em relação a riscos e medo. Pessoas que têm orelhas visivelmente diferentes em tamanho podem ter muitos desafios ou altos e baixos na vida.

Orelhas longas — se o lóbulo da orelha se estender até abaixo da ponta do nariz, enquanto a ponta superior da orelha se eleva acima da sobrancelha — podem ser tomadas como uma marca de genialidade.

Formato

Pessoas com orelhas arredondadas são extrovertidas, confiáveis, positivas, sociáveis e imaginativas, ao passo que orelhas que são quadradas nas laterais, nos topos e nos lóbulos significam que o portador é astuto, rápido, perspicaz e capaz de fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Se a parte superior das orelhas é pontuda (como orelhas vulcânicas), indica que o portador é muito reservado, misterioso e bom locutor. Geralmente leva muito tempo para você conhecer essas pessoas muito bem.

Posição

Orelhas salientes (que se destacam da face) indicam que o portador é independente e não gosta que lhe digam o que fazer. Pessoas com este tipo de orelhas são teimosas e não gostam de aceitar conselhos de outras pessoas. No entanto, essas pessoas também tendem a atrair dinheiro.

Pessoas com orelhas altas — situadas acima da ponta do nariz e das extremidades das sobrancelhas — conseguem assimilar informações mais rapidamente do que outras pessoas, enquanto aquelas com orelhas baixas — localizadas abaixo das extremidades das sobrancelhas e da ponta do nariz — possuem uma menor habilidade em absorver informações.

As orelhas geralmente são levemente inclinadas (a parte superior da orelha fica mais afastada do que a parte inferior), mas se o ângulo da inclinação for extremo, o proprietário é muito rígido e tende a controlar os outros.

Hélice

Pessoas com uma hélice arredondada (a borda externa da orelha) desfrutam de estimulação mental, são enérgicas e gostam de se divertir. As pessoas com hélice fina são impulsivas, entusiastas e extrovertidas. Se a hélice é extremamente fina, então o portador se preocupa com a humanidade como um todo.

Lóbulo da Orelha

Lóbulos são a parte carnuda mais baixa da orelha. Encontrado na base da orelha, o lóbulo da orelha pode ser separado do lado do rosto, o que indica independência, ou preso ao lado do rosto. Orelhas com lóbulos separados do rosto indicam alguém de livre espírito e generosidade. Contrário a essas qualidades pode ser mostrado por lóbulos da orelha próximos ao rosto.

Lóbulos longos são indicadores de uma vida longa e saudável. Também pode significar que a pessoa é dotada de um grande senso de compreensão e julgamento. Pessoas com lóbulos grossos têm um grande grupo de amigos. Essas pessoas são trabalhadoras e sua riqueza geralmente aumenta continuamente visto que lóbulos grossos são indicadores de riqueza excedente. Mulheres com esses lóbulos de orelha são sortudas para seus maridos, pois trazem muita sorte para seu cônjuge.

Buda tinha lóbulos de orelha extremamente grandes — e isso é considerado como um sinal de seu desenvolvimento espiritual e posição elevada. Então, se você tem lóbulos longos e grandes, é de extrema boa sorte. Você sabe aproveitar a vida e tudo é muito fácil para você. Quando você está em apuros, há sempre uma pessoa para ajudar.

Publicado em 3 comentários

Eclipse Lunar Parcial em 16 de julho de 2019

Eclipse Lunar Parcial em Sagitário, na Nakshatra Uttarashada

Uma das coisas mais importantes de verificar sobre um eclipse é ver se ele será visível onde você está no momento em que ocorre. Onde é visível, seus efeitos são mais pronunciados.

O eclipse tem início às 18:43:51 UTC em 16 de julho de 2019, com duração total de aproximadamente 5 horas e meia, podendo ser visto na maior parte da Europa, Ásia, Austrália, África, Pacífico, Oceano Atlântico, Oceano Índico, Antártica, América do Sul e Sudeste da América do Norte. Locais que estão sob a zona colorida no vídeo abaixo podem ver este eclipse. Regiões de cores escuras podem ver o eclipse máximo e as regiões de cor branca não podem.

A lua transitando em Uttarashada está mais perto de Ketu e Saturno (agora retrógrado) na Nakshatra Poorvashada regida por Sagitário. Sol na Nakshatra Punarvasu, Marte e Mercúrio (no momento retrógrado) na Nakshatra Pushyami estão conjuntos em Câncer e mais perto de Vênus e Rahu (na Nakshatra Punarvasu) em Gêmeos. Júpiter retrógrado na Nakshatra Jyeshta está dando aspecto à Mercúrio e Marte em Câncer.

Eclipses são um ótimo momento para ficar dentro de casa, meditar e fazer o seu trabalho interior. Na verdade, eles fornecem uma oportunidade especialmente rica para se conectar com o espírito porque os “véus” ficam finos durante esse período.

Efeitos Gerais do Eclipse

Este é um poderoso eclipse de lua cheia, unido por Vênus e Saturno diretamente opostos um ao outro, e indica grandes términos, que podem acontecer agora ou dentro de um mês. Com Saturno / Ketu dando aspecto direto à lua em Uttarashada, indica que algo vai culminar, então não se apegue à nada com fervor. Se você tem estado num relacionamento que não está funcionando bem, então esse eclipse vai dissolvê-lo agora, pois Saturno está formando uma oposição bem próxima à Vênus. Com Rahu também aspectando Vênus, haverá alguma ilusão descoberta, possivelmente engano que pode vir à tona nos relacionamentos, tal como uma revelação/exposição de que a pessoa com quem você está envolvido/a não é o que parece ou demonstra, trazendo a necessidade de término e partir para outro. Podemos ser obrigados a enfrentar circunstâncias inesperadas, indesejáveis ou injustificadas por volta dessa época. As melhores medidas corretivas que você pode tomar é fortalecer a Lua com mantras e atividades de apoio lunar, tais como honrar a mãe, a família e assuntos domésticos.

Estando sob a influência do eclipse, Câncer é o signo mais afetado por 5 planetas que o influenciam. Um eclipse lunar que ocorre no signo de Capricórnio indica mortes causadas por terremotos, inundações e acidentes. As cidades da costa oeste de cada país serão afetadas por calamidades naturais. As regiões do leste da Índia e as ilhas do pacífico asiático podem enfrentar ciclones e inundações. Terremotos podem ocorrer nas regiões do leste e nordeste (no mapa do eclipse), juntamente com a Austrália.

O Eclipse Lunar, junto com a Yoga Kala Sarpa formada por estas posições planetárias, pode expor falsos gurus e pervertidos que se escondem sob uma máscara religiosa. Menores de idade são sugados pela cultura das drogas. As economias da Grã-Bretanha, Paquistão e Tailândia se deteriorarão.

Vênus e Rahu no mesmo signo podem causar doenças de pele, alergias e queimaduras solares. Pessoas nascidas com ascendente ou Lua em Touro, Gêmeos, Câncer, Sagitário e Capricórnio, assim como os nascidos com a lua na Nakshatra Uttarashada, precisam permanecer positivos nos próximos 30 dias. Bons dias podem ser esperados para os nascidos com ascendente ou Lua em Peixes, Escorpião e Leão. Para os outros, os efeitos serão neutros.

Casas de Ocorrência para os 12 Signos do Zodíaco

Signo Ascendente ou Lunar Casa do Evento
Áries 9
Touro 8
Gêmeos 7
Câncer 6
Leão 5
Virgem 4
Libra 3
Escorpião 2
Sagitário 1
Capricórnio 12
Aquário 11
Peixes 10
Guia Rápido ILUMINA: Trânsito da Lua Pelas Casas
Guia Rápido ILUMINA: Efeitos do Trânsito da Lua Pelas Casas

Rituais e Remédios

  • Ative o que você deseja terminar; como, por exemplo, dívidas (faça um pagamento, mesmo que pequeno), sujeira/entulho em casa (faxine e faça uma cata de roupa/coisa velha e doe, limpe a casa/vida de coisas/pessoas desnecessárias e negativas), limpezas na pele (esprema espinhas/caroços/cravos), inicie uma dieta se deseja perder peso permanentemente, ou largar de vícios (fumar, beber, etc.) também é muito bom ativar neste período.
  • Ofereça honra e devoção ao(s) seu(s) guru(s) e inicie práticas espirituais, se ainda não tiver uma.
  • 3 dias antes e depois de um eclipse evite tomar decisões importantes ou começar algo novo (relacionado com a vida material).
  • Se possível, faça um jejum começando 6 horas antes do eclipse, durante sua ocorrência, até 3 horas após terminado.
  • Recite o mantra de Ganesha 108 vezes.
  • Tome um banho após o eclipse.
Publicado em Deixe um comentário

O Eu-Todo Como Macho e Fêmea

Conversando Com os "Mortos"

Trecho tirado do livro “Seth Fala: A Eterna Validade da Alma

CAPÍTULO 13: REENCARNAÇÃO, SONHOS E O MASCULINO E FEMININO ESCONDIDOS NO EU

Como mencionei anteriormente, cada pessoa vive vidas masculinas e femininas. Como uma regra, a memória consciente destes não é retida. Para prevenir uma super identificação do indivíduo com seu sexo presente, no macho reside uma personificação interior de feminilidade. Esta personificação de feminilidade no macho é o verdadeiro significado do que Jung chamou de “anima” (principio vital, vida, alma. NT)

A anima no macho é, portanto, a memória psíquica e a identificação de todas as existências femininas prévias nas quais o eu interior foi envolvido. Ele contém em si o conhecimento das histórias femininas passadas do macho presente e a compreensão intuitiva de todas as qualidades femininas com as quais a personalidade é naturalmente dotada.

Então, a anima é uma proteção importante, prevenindo o macho da super identificação com quaisquer características masculinas culturais que foram profundamente impostas a ele através do histórico atual, do ambiente e da educação. A anima não apenas serve como uma influência pessoal, mas como uma influência da civilização de massa, amadurecendo fortemente as tendências agressivas e servindo também como uma ponte na comunicação com as mulheres num relacionamento familiar e também comunicando como isto é aplicado através das artes e da verbalização.

O macho sonhará freqüentemente consigo mesmo, no entanto, como uma fêmea. O modo particular pelo qual ele faz isto, pode dizer a ele muito sobre seu próprio histórico reencarnacional, no qual ele operou como uma fêmea. A masculinidade e a feminilidade não são obviamente opostas, mas tendências que emergem. A sacerdotisa, a mãe, a jovem bruxa, a esposa, e a sábia anciã – esses tipos gerais são arquétipos, simplesmente porque eles são “elementos enraizados”, representando, simbolicamente, os vários tipos das chamadas qualidades e os vários tipos das vidas femininas que foram vividas por machos.

Eles também foram vividos por fêmeas, claro. Porém, as mulheres não precisam ser lembradas de sua feminilidade, mas, novamente, de forma que elas não se super identificam com seu sexo presente, há o que Jung chamou de “animus”, ou o macho escondido dentro da mulher.

Porém, novamente, isto representa as vidas masculinas com que o eu tem estado envolvido – o rapaz jovem, o padre, o homem selvagem e agressivo, e o ancião sábio. Estes são tipos, representando geral e simbolicamente vidas masculinas passadas vividas pelas mulheres presentes. As mulheres, portanto, podem aprender muito sobre seus passados reencarnacionais como homens, através do estudo destes sonhos nos quais estes tipos aparecem ou nos quais elas mesmas aparecem como homens.

Através da anima e do animus, personalidades presentes assim denominadas são capazes de trazer conhecimento, e intuições, e históricos que foram derivados de existências passadas como o sexo oposto. Em algumas ocasiões, por exemplo, a mulher pode extrapolar e exagerar nas características femininas, casos em que o animus ou o macho nela vem em sua ajuda, trazendo, através das experiências de sonho, uma arremetida de conhecimento que resultará em reações compensatórias masculinas.

O mesmo se aplica a um macho quando ele se super identifica com o que ele acredita serem características masculinas, por qualquer razão. A anima, ou a mulher nele, se levantará para ações compensatórias, causando uma erupção de habilidades intuitivas, trazendo um elemento criativo que compense a agressividade.

Idealmente, deixadas sós, essas operações resultariam num equilíbrio individual e em massa, onde a agressividade sempre seria usada criativamente, como realmente pode e deve ser.

O animus e a anima são, é claro, psiquicamente altamente carregadas, mas a origem deste custo psíquico e a fascinação interior são o resultado de uma identificação interna bastante legítima com estas características personificadas do outro sexo.

Elas apenas não têm uma realidade na psique, portanto, mas são fixadas nos dados geneticamente classificados pelo eu interior – uma memória genética dos eventos psíquicos passados – transpostos para a memória genética das mesmas células que compõem o corpo.

Cada eu interior, adotando um novo corpo, impõe sobre ele, e sobre toda a sua genética, memória das formas físicas passadas nas quais esteve envolvido. Agora, as características presentes normalmente obscurecem as passadas. Elas são dominantes, mas as outras características estão ocultas e presentes, construídas dentro do padrão. O padrão físico do corpo presente, então, é uma memória genética do passado das formas físicas do eu e de suas forças e fraquezas.

Tentarei colocar isto tão simples quanto possível. Há camadas presentemente invisíveis no corpo, a camada mais alta que você vê representa, é claro, a forma física presente. Mas, emaranhada dentro desta há o que é a quantia das camadas invisíveis, “sombrias”, camadas ocultas que representam imagens físicas passadas que pertenceram à personalidade.

Elas são mantidas em suspenso, por assim dizer. Elas são eletromagneticamente conectadas à estrutura atômica do corpo presente. Para seu modo de pensar, elas estão não focadas. Elas são uma parte de sua herança psíquica, porém.

Freqüentemente você pode chamar uma força passada de um corpo prévio, para ajudar a compensar uma fraqueza presente. O corpo não só carrega a memória biológica de sua própria condição passada nesta vida, portanto, mas indelevelmente com ela, até mesmo fisicamente, estão as memórias dos outros corpos que a personalidade formou em reencarnações previas.

O anima e o animus são intimamente conectados com essas imagens do corpo interior. Estas imagens do corpo são altamente carregadas psiquicamente e também aparecem no estado de sonho. Elas operam como compensações e lembranças para lhe prevenir de se super identificar com seu corpo físico presente.

Elas são, é claro, macho e fêmea. Quando você está doente, no estado de sonho você tem experiências freqüentes, nas quais você parece ser outra pessoa com um corpo completamente saudável. Freqüentemente tal sonho é terapêutico. Um corpo reencarnacional “mais velho” veio em seu auxilio, a partir do qual você tirou força através da memória de saúde dele.

Experiências reencarnacionais são parte da estrutura do eu, uma face da realidade multidimensional da vida psíquica. Estas experiências irão, portanto, estar refletidas não apenas no estado de sonho, mas em outras camadas de atividade.

O tecido do eu presente é entrelaçado com estes “passados” reencarnacionais e, a partir deles, o eu presente tira inconscientemente de seu próprio banco de características de personalidade, atividades e insights. Freqüentemente recordações de vida passadas vêm à superfície, mas não são reconhecidas como tais, já que aparecem em forma de fantasia, ou são projetadas em criações artísticas.

Por exemplo, muitos escritores de peças históricas estão escrevendo de uma experiência direta naqueles tempos. Tais exemplos representam um trabalho harmônico de concordância entre o eu presente e a inconsciência, que trazem estas memórias à superfície de tal maneira que a vida presente é enriquecida. Muito frequentemente. Freqüentemente, a verdadeira consciência da situação se torna quase consciente e só sob a consciência o indivíduo conhece a fonte da autenticidade de seu material.

Em sonhos, muito freqüentemente, este material reencarnacional é lançado, de forma similar, em um molde dramático. Sob tudo isso, a anima e o animus trabalham juntos, novamente, não em oposição, mas misturando características. Juntos, é claro, eles representam a fonte de criatividade, tanto psíquica quanto fisicamente.

A anima representa a “interioridade” inicial necessária, o estado meditativo, cuidadoso, intuitivo, as características voltadas interiormente, o foco interno do qual a criatividade vem.

A palavra “passivo” é uma palavra pobre para descrever as características da anima, nela há a sugestão da falta de movimento, e este raramente é o caso. É verdade que a anima se permite ser vivenciada assim, mas o motivo por trás disto é o desejo e a necessidade de sintonização para com outras forças que são supremamente poderosas.

O desejo da rapidez, no entanto, é tão forte na anima como o desejo oposto, pelo descanso. As características do animus provêem o ímpeto agressivo que remete a personalidade de volta, do externo para as atividades físicas, mantendo triunfantemente os produtos da criatividade que as características da anima asseguraram.

O Eu todo é obviamente a soma destas características, e mais. Após a encarnação final, o físico, o tipo de criatividade sexual, simplesmente não é mais necessário. Em outras palavras, você não precisa reproduzir fisicamente. Em termos simples, todo o Eu contém características masculinas e femininas, finamente sintonizadas juntas, misturadas de forma que a verdadeira identidade pode, então, se elevar – pois não pode enquanto um grupo de características tem que ser enfatizado sobre o outro grupo, como deve ser durante sua existência física presente.