Princípios de Quiromancia

Prévia gratuita

Como toda ciência, quiromancia também tem alguns princípios básicos, dos quais raramente existem desvios, e segui-los dará a capacidade de analisar a mão de qualquer pessoa.

  1. Os Montes são os desejos e potenciais de uma pessoa. Os dedos expressam esses potenciais através do caráter.
  2. As Linhas indicam os nossos esforços em cumprir esses desejos e também os resultados desses esforços. Boas linhas vão dar bons resultados e linhas danificadas vão dar maus resultados, ou dificuldades em obter os resultados desejados.
  3. Qualquer linha, seja onde ela começar ou terminar, leva as qualidades daquele monte em particular. Além disso, a linha expressa esforços para alcançar os desejos e os potenciais indicados pelo monte. Os resultados positivos e negativos dependem da qualidade da linha.
  4. As linhas verticais que vão em direção aos dedos falam dos esforços em fazer progresso (subir na vida). Em qualquer lugar da mão, elas são boas e dão resultado de acordo com a sua posição.
  5. Linhas horizontais pequenas na mão, ou dedos, não são muito boas. Mas elas não são ruins desde que não estejam cruzando nenhuma das linhas verticais.
  6. Quando as linhas verticais principais são atravessadas por linhas horizontais, nesse ponto traz alguns problemas para o resultado da linha vertical. É como um obstáculo no caminho do progresso.
  7. Qualquer ilha, ponto, grade ou parte ondulada em qualquer linha significa um momento difícil de sofrimento.
  8. Um triângulo ou quadrado em qualquer linha mostra um bom período de tempo ou progresso rápido.
  9. Qualquer ramo que sai de qualquer linha significa uma conquista naquele ponto do tempo. O mesmo é o caso com a linha que une qualquer outra linha.
  10. Qualquer pequena linha (linhas casuais) que cortar qualquer linha principal indica um problema.
  11. Se qualquer linha principal cortar qualquer outra linha principal em seu caminho normal, isso não significa nada. Por exemplo, a linha da sorte (também conhecida como linha do destino) cortando a linha da cabeça ou a linha de coração não tem nenhum significado.
  12. Cada e todo sinal é uma dica e diz algo. Uma linha, ou uma sinal, não diz nada definido, mas com a ajuda de outras linhas ela diz muitas coisas.
  13. Qualquer linha paralela a qualquer outra linha é bom. Torna-se uma linha de apoio e denota intensificar os esforços e resultados. Mesmo se a linha principal não for muito boa, então a linha de suporte remove o efeito negativo da linha principal a uma grande extensão.
  14. Se uma linha paralela estiver muito perto de uma linha principal, como quase tocando-a, então torna-se uma linha de interferência e dá um resultado ruim. Pode significar que o portador da mão torna-se preso em mais de uma coisa ao mesmo tempo. Ambos os pés em barcos diferentes.
  15. Uma linha pode ser interpretada de muitas maneiras e, portanto, uma linha pode dizer muitas coisas em combinação com outras linhas.
  16. Muitas linhas casuais numa mão formam muitos triângulos, quadrados, cruzes e estrelas. Seus significados são contrabalançados por outras linhas e sinais na mão, como todo mau sinal é contrabalançado por algum bom sinal e vice-versa. Elas significam uma pessoa muito sensível que é afetada por todos os pequenos e grandes incidentes. Elas apenas significam muitos altos e baixos.
  17. Muitas linhas na mão significam muita atividade da mente. Essas pessoas são um pouco confusas sobre qual caminho percorrer.
  18. As linhas são formadas pelas coisas que nos importam. Uma pessoa que se importa com tudo terá muitas linhas e vice-versa.
  19. Linhas na mão refletem o que nós sentimos sobre as coisas que acontecem na vida.

As 3 linhas principais mudam muito pouco e muito lentamente, enquanto outras linhas podem mudar drasticamente.

Tags da aula: Quiromancia Védica
Voltar para: Curso em Quiromancia Védica > QV101: Introdução e Princípios